20/12/2016

4 razões para você ser grata ao seu ex-marido

Dois anos depois de ter sido traída e abandonada, essa mulher escreveu uma carta surpreendente ao ex-marido.

  • Em uma carta aberta publicada no The Huffington Post, Sara Woodard-Ortiz abriu o coração e revelou ao ex-marido quatro coisas pelas quais ela é grata. E, por incrível que pareça, tem a ver com ele.
  • 1. "Sou eternamente grata por você ter fornecido a outra metade do DNA da nossa filha"

    Se você, que está lendo isso agora, também for divorciada, há de concordar que essa foi a melhor coisa que seu ex fez por você. Se pudesse voltar no tempo, ainda que soubesse o que o futuro lhe reservaria, é provável que, assim como maioria das mulheres, você se casaria novamente com ele só para ter o privilégio de ser mãe de seus filhos amados.
  • 2. "Obrigada por cortar a minha comida para que eu pudesse comer com uma mão enquanto amamentava a nossa filha"

    O ex-marido dela foi muito fofo ao picar a carne e outros alimentos em pedaços pequenos para que ela pudesse dar de mamar com mais facilidade durante as refeições. Se seu ex-marido fez algo parecido, não perca a oportunidade de lhe agradecer.
  • 3. "Obrigada por me ensinar o verdadeiro significado do amor e do casamento"

    Ela disse que não teria compreendido o verdadeiro sentido do amor e do comprometimento se o casamento deles não tivesse fragmentado e chegado ao fim. Disse que é o conceito 50/50 - que era a realidade do casal - que realmente leva ao divórcio, e é grata por ter aprendido que o correto é o conceito 100/100, isto é, dar 100 por cento de si para fazer o casamento funcionar.
    Para entender melhor esse conceito:
    Se você também aprendeu, a duras penas, que só há prejuízo em um casamento no estilo 50/50 (em que cada um dá de si somente o que o outro estiver disposto a dar), seja grata a seu ex-marido, pois daqui por diante você poderá aplicar o conceito 100/100 no seu próximo relacionamento e ser muito mais feliz.
  • 4. "Obrigada por me dar uma segunda chance de felicidade"

    Sara confessou: "Aprendi muito sobre mim desde que nos separamos há 2 anos. Aprendi que sou capaz de cativar muito mais do que eu pensava ser possível. Aprendi a me amar e (...) que o amor não é um conto de fadas. Acredito que todas essas lições acabarão por me levar a um relacionamento maravilhoso e gratificante no futuro."
    Logo após o divórcio, e por conta de todo o sofrimento que seu ex a fez passar, Sara passou a chamá-lo de "Sub-Humano" e fez isso por um bom tempo, até perceber que deveria adotar uma postura mais positiva em relação à vida, começando por se livrar do estigma de traída e abandonada. Ela o fez, e hoje tem muitas histórias bonitas de aprendizado para contar.
    Por mais que doa ver um relacionamento chegar ao fim, ainda mais quando há filhos da relação, conforme o tempo vai passando e a dor amenizando é possível enxergar um novo recomeço e não mais o fim de um sonho. E com toda a bagagem trazida do relacionamento anterior, é possível fazer melhores escolhas, e fica mais fácil perceber e evitar atitudes que sabemos que poderá trazer prejuízo ao novo relacionamento.
    Você se identificou com algum desses pontos? Que agradecimentos gostaria de fazer ao seu ex-marido?
  • Por: Erika Strassburger
  • Fonte: familia.com.br
Author Image

Anselmo Melo
Anselmo Melo, Carioca, casado e pai de três filhos (herança do Senhor). Pastor Evangélico e empresário. Moro atualmente no Estado de São Paulo onde pastoreio a Igreja de Nova Vida em Limeira. Sou fundador e presidente da Associação Projeto Resgate Vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante,
Você pode elogiar ou criticar, observe apenas:

1-Não publicamos criticas de ANÔNIMOS e nem comentários que não estejam relacionados com o assunto.

2-Baixarias e palavrões também não.

3-Nem todas as publicações são de minha autoria e o fato de estarem aqui não implica necessariamente em que eu concorde com todo o teor do post.

4- Quer ser respeitado? Mostre respeito!