Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Matusalém e a paciência de Deus

Uma pequena reflexão sobre o homem que mais viveu

Qualquer pessoa que já participou de qualquer tipo de jogo de perguntas e repostas sobre a Bíblia sabe que Matusalém viveu mais do que qualquer outro ser humano. Ele morreu na avançada idade de 969 anos. Mas você já se perguntou o porquê?
Deixando de lado os fatores ambientais do mundo pré-Dilúvio (onde a vida durava muito mais do que dura hoje), estou convencido de que a resposta tem mais a ver com o caráter de Deus do que com a constituição física ou a cuidado com a própria saúde de Matusalém.


Quando Matusalém nasceu, o texto de Gênesis indica que seu pai Enoque começou a andar com o Deus (Gênesis 5.21-22). Muitos comentaristas acreditam que foi durante a época do nascimento de Matusalém que Deus revelou a Enoque a realidade do Dilúvio vindouro – o motivo pelo qual Enoque gastou os próximos três séculos alertando o mundo ao seu redor sobre a retribuição divina que viria (Judas 14-15).
O nome de Matusalém pode ser traduzido como “homem da lança” ou “homem do lançamento”. É provável, especialmente no contexto de Gênesis 5-6, que seu nome faça referência à realidade do julgamento vindouro de Deus – um Dilúvio global que seria lançado com força e destruição repentinas. A grande implicação é que a ira divina não cairia até que Matusalém morresse (alguns acadêmicos até mesmo afirmam que o significado do seu nome é “sua morte trará”).
Matusalém viveu 969 anos. Se você somar o tempo entre o nascimento de Matusalém e a entrada de Noé na arca (187 + 182 + 600), também dá 969 anos. Isso significa que, no mesmo ano que Matusalém morreu, o Dilúvio foi lançado como uma lança sobre a terra.
Então por que Deus permitiu que Matusalém vivesse por tantos anos – mais do que qualquer outro na história da humanidade?
Eu creio que isso é uma ilustração de Sua grande paciência. O fato de que Matusalém viveu quase 1000 anos demonstra a natureza longânima de Deus. Desde quando Deus revelou a realidade do julgamento a Enoque, se passou quase um milênio até que as gotas da ira começassem a cair nos dias de Noé.
A longa vida de Matusalém se encaixa na descrição de Pedro da paciência de Deus em 2 Pedro 3. Após falar sobre o Dilúvio (v. 5-6), o apóstolo escreve nos versos 8-9:
Há, todavia, uma coisa, amados, que não deveis esquecer: que, para o Senhor, um dia é como mil anos, e mil anos, como um dia. Não retarda o Senhor a sua promessa, como alguns a julgam demorada; pelo contrário, ele é longânimo para convosco, não querendo que nenhum pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento.
Por isso, na próxima vez que alguém perguntar “qual é o nome do homem mais velho da Bíblia?”, não responda simplesmente “Matusalém”, como se sua idade fosse apenas uma curiosidade. Ao invés disso, considere o fato de que 969 anos é um tempo muito grande – não só para um homem viver, mas para um Deus santo ser paciente com um planeta rebelde.
Por Nathan Busenitz
Traduzido por Filipe Schulz | Reforma21.org | Original aqui
Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

0 comentários:

Real Time Web Analytics
Template personalizado por Elaine Gaspareto

TOPO ▲