Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

E SE O PASTOR CHUTAR A SANTA?

Porque não estou espantado com o silencio da grande mídia e mesmo da própria Igreja Católica? Não estou justificando ou tentando minimizar a atitude do tal pastor, mas o que ele fez não se compara ao ultraje promovido na ultima parada gay em SP.
Sérgio Von Helder, o pastor da Igreja Universal que em 1995 chutou uma imagem de “Nossa Senhora Aparecida”, no dia da padroeira foi demonizado. Até em guerra santa as emissoras de TV falavam. Protestos de todos os cantos, se algum grupo mais radical tivesse colocado a mão no pastor o mesmo teria sido apedrejado ou queimado vivo em praça publica.


Mas e agora? Porque o silencio da Globo, do SBT e de todos os outros veículos de comunicação? Enfiar a imagem de Jesus no traseiro é menos ofensivo? Onde estava a polícia? Onde está o Ministério Publico que não se pronuncia e não toma qualquer tipo de providencia para punir os que insistentemente vituperam símbolos sagrados das formas mais degradantes possíveis?
Homossexual introduz um crucifixo no anus  

Imagens católicas são quebradas enquanto manifestantes debocham.

Escarnio com a crucificação


O deboche não tem limites, e ninguém é preso

Manifestante nua ridiculariza imagens católicas em via publica e todos assistem o abuso em absoluto silencio.

Show de horrores
 Aí estão as provas de que para os militantes LGBTs não existem limites para as blasfêmias e as agressões contra os Cristãos e as famílias brasileiras. Até quando atos assim continuaram impunes no Brasil?
Nenhuma atitude é tomada enquanto empresas publicas que deveriam servir a população patrocinam o descalabro e a afronta contra os Cristãos no Brasil.

Onde estão os católicos tão ofendidos na época com o chute na santa? Onde estão os bispos católicos, e a CNBB? Nem uma palavra sequer de repúdio? Que tempo é esse que estamos vivendo?  

Pr Anselmo Melo
indignado


1 comentários:

Edu disse...

Simplesmente covardia, e no céu não há lugar para covardes.

Real Time Web Analytics
Template personalizado por Elaine Gaspareto

TOPO ▲