Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Antes evangélica, Miley Cyrus comenta polêmicas: “Senti que poderia ser a vagabunda que realmente sou”

Após a polêmica apresentação durante o VMA 2013, premiação da MTV para a música pop nos Estados Unidos, a cantora e atriz Miley Cyrus continua causando polêmica por declarações fortes sobre sua atual fase.

De formação cristã na infância, a estrela do seriado da Disney Hannah Montana afirmou que mudou de comportamento por acreditar que agora, aos 20 anos, poderia deixar para trás a imagem que carregou durante a adolescência: “Senti que poderia finalmente ser a vagabunda que realmente sou”.
A afirmação foi feita num documentário de 1 hora que fala sobre sua nova fase na carreira, chamado Miley: The Movement. O material será exibido pela MTV dos Estados Unidos em breve.
A cantora afirmou também que o motivo de sua polêmica e insinuante apresentação durante o VMA era “ampliar os limites”, trazendo visibilidade à sua carreira.


Outra declaração polêmica de Miley foi dada na entrevista que a cantora concedeu à revista Rolling Stone. Falando sobre suas drogas preferidas, ela disse: “Maconha é a melhor droga do mundo. Cocaína é nojento. Uma vez eu fumei e bebi chá de peyote junto, e vi um lobo uivando para a lua. Hollywood é a cidade da cocaína, mas maconha é muito melhor. E molly também. Essas são drogas felizes”.
Peyote é um cacto alucinógeno encontrado na vegetação dos arredores de Hollywood, na Califórnia, e molly é um dos componentes que integram o ecstasy, de acordo com informações do jornal O Globo.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

0 comentários:

Real Time Web Analytics
Template personalizado por Elaine Gaspareto

TOPO ▲