Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Como Jesus trocou de lugar com um leproso

Em Marcos 1.40-45, Jesus limpa um leproso, e de uma maneira que pode  te surpreender.
Aqui está um homem com lepra, uma doença de pele, e o Antigo Testamento diz que ele precisa declarar-se “Impuro! Impuro!”. Esse leproso está em exílio. Ele é um pária. Não surpreende que ele clame a Jesus: “Tu podes limpar-me”. Assim, Jesus torna-o limpo.
Mas, então, algo curioso acontece. Jesus instrui o antigo leproso a não contar a ninguém sobre sua cura miraculosa. Jesus diz esse tipo de coisa por todo o livro de Marcos. Por quê? Porque Jesus sabe que se alguém começar a divulgar o que ele está fazendo, os milagres se tornarão uma distração. Pior: ele atrairá a atenção das pessoas erradas na hora errada. Os líderes judeus o notarão (ainda mais). Eles ficarão enciumados (ainda mais). Todo mundo ficará confuso (ainda mais) sobre que tipo de Messias Jesus é. E a conjunção de toda essa confusão poderia levar Cristo a uma morte prematura – antes que tudo tenha sido cumprido. É por isso que Jesus instrui o leproso a não dizer nada.
Entretanto, o leproso curado, ignorando a exortação de Jesus, parte e começa a contar sua história. E, inevitavelmente, as multidões ouvem sobre isso, pessoas começam a peregrinar até Jesus e ele já não pode entrar publicamente nas cidades. Como ele pensou, o milagre tornou-se uma distração, uma diversão e, possivelmente, um perigo. Assim, o episódio termina com Jesus em lugares desolados.
Você percebe o que aconteceu? O leproso, que era um pária, vem a Jesus para ser purificado. Jesus lhe dá sua purificação e o restaura à comunidade. Ele tem uma nova vida. Mas depois desse grande milagre, onde Jesus se encontra? Ele está sozinho. Ele está fora, em lugares desolados. Ele torna-se um pária. O leproso e o Cristo trocaram de lugar: o pária é recebido, enquanto o Escolhido é lançado fora.
É assim que pecadores entram na família de Deus. Porque o Filho foi abandonado por seu Pai, nós podemos entrar na casa de Deus. Para que fôssemos purificados, Cristo teve de ser contado como impuro em nosso favor. Jesus não ignorou a impureza; ele a derrotou. E ele não apenas a derrotou; ele trocou de lugar com ela.
Por leprosos – de todo tipo.
Traduzido por Josaías Jr | iPródigo.com | Original aqui
Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

0 comentários:

Real Time Web Analytics
Template personalizado por Elaine Gaspareto

TOPO ▲