Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marco Feliciano e a rejeição dos “evangélicos”: Trocando em miúdos



O que na verdade está por trás de tanto alvoroço por causa da eleição do Pr Marcos Feliciano?

A chamada área social do governo da qual faz parte à Comissão de Direitos Humanos engloba várias políticas sociais. Entre elas a política para mulheres e o sistema prisional. O total de recursos disponibilizado para a área no Ano de 2013 será de R$ 1,4 bilhão. Segundo site do próprio governo federal.

A gaystapo estava de olho na “sua parte” desse quinhão. Dinheiro que em passado próximo foi usado para produzir a cartilha gay do ex-ministro Fernando Haddad hoje prefeito da cidade de São Paulo e é usado para bancar os custos com a parada gay em São Paulo e outras cidades. Dinheiro dos nossos impostos que são usados para promover orgia em plena luz do dia e em vias públicas. Esse é o motivo da choradeira, o duro golpe que a gaystapo tomou.

O deputado Domingos Dutra (PT-MA), ex presidente da comissão, deputada Luiza Erundina (PSB-SP) que mostrou sua “capacidade” de gestora quando prefeita de São Paulo, deputado sodomita e inimigo nº 1 das famílias brasileiras Jean Willis (Psol-BA), Érika Kokay (PT-DF), pró aborto,  Luiz Couto (PT-PB) e Chico Alencar (Psol-RJ), ambos comunistas.Todos muito mais interessados na causa da gaystapo e nas verbas federais destinadas a eles do que na promoção de direitos humanos.

Isso infelizmente a grande mídia não divulga e incentiva através de acusações descabidas e levianas o ódio contra os cristãos, principalmente contra os Evangélicos.


Todos os que acompanham meu blog sabem que não morro de amores pelo Marcos Feliciano, sabem que diversas vezes denunciei aqui seus falsos ensinos. Suas meninices e posições teológicas incorretas são de “amargar”. Esses erros visíveis por todo cristão com um pouco de senso critico e conhecimento bíblico fez com que ele entre os próprios Evangélicos tenha um alto índice de rejeição.

Entrementes eu creio que a perseguição que certamente ele vai sofrer a frente da Comissão de Direitos Humanos poderá fazer com que ele amadureça, e, essa precisa ser minha oração.

Não é o momento- em minha opinião- de justamente nós evangélicos engrossarmos o coro com entidades ligadas a grupos homossexuais, feministas pró aborto, associações que representam as religiões de matiz africanas e comunistas contra o Pr. Marcos Feliciano.

Acreditem. Existem Evangélicos promovendo em suas redes sociais as manifestações publicas planejadas contra o Pr Marcos Feliciano.

Se a sua repulsa pelo referido Pr é tão grande a ponto de você associar-se a esses grupos contra ele existe alguma coisa muito errada acontecendo.

Pense nisso.

Pr Anselmo Melo

35 comentários:

Alberto Couto Filho disse...

Nobre mestre
Paz

Sem dúvidas, o Marcos Infeliciano é um pseudo-intelectual - concordo plenamente.
Todavia, vou engrossar o coro dos que acreditam que à frente dos Direitos Humanos ele crescerá espiritualmente.
Tô contigo, em oração por ele. Que Deus o demova de disparar as suas sandices e absurdidades, tipo a progênie de Jesus. Nãoooooooooooooooooo!
Alberto
O vírus M13

Nerly Nunes disse...

Hoje, tenho o seguinte pensar: Um pastor/deputado que aceita receber de oferta o cartão de crédito de um cara, e depois vira para esse cara, e diz: "Ei, você esqueceu de deixar a senha, depois a benção não chega e você vai vir reclamar", que julga e prega a cor da pele negra como sendo maldição herdada de Noé, será que tem moral, tanto de caráter quanto espiritual, para ser presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara? Obs: não sou a favor da oposição dele!

disse...

O fato de não o aceitarem não quer dizer que estão do lado ou fazem coro com a militancia gay. Isso é apelar para que todos o apoiem. Não o aceitam por vários outros fatores como este aqui olha só. http://mulheresabias.blogspot.com.br/2013/03/presidente-da-cdh-e-acusado-de.html

Moisés Jacob disse...

Pastor Anselmo a paz!
concordo plenamente com o senhor, a familia tão massacrada pelo governo do PT precisa de alguém que a defenda! vamos orar pelo Pr Marcos Feliciano.

Alberto Couto Filho disse...

Nerly, amado irmão
Paz

Você entendeu, claro, o que eu comentei:
Eu disse estar com o Pastor Anselmo e não com Infeliciano.
Dá uma olhada lá no meu blog.
O cara tem o seu próprio bar para vender a mesma porcaria que outros, como ele, estão oferecendo aos ceguetas espirituais - os "prosperólatras" estão pela ai azucrinando a nossa vida.
Alberto
vírus M13

Pr. Anselmo Melo disse...

Minha querida irmã. Você me conhece a tempo e o suficiente para saber que eu não concordo com essa pratica do Marcos Feliciano. E além de não concordar fiz várias denuncias aqui no blog, nunca me calei diante desses abusos e absurdos cometidos em nome da fé.
Porém quando foi que essas mesmas pessoas que estão descendo a lenha nele e fazendo coro sim com grupos homossexuais se levantaram para denunciar o protecionismo da Comissão de Direitos Humanos com a causa gay? Onde está registrada qualquer palavra destes contra o Tony Reis quando esse era presidente da comissão? Se eu pego um anuncio de promoção de uma manifestação contra ele que esta sendo articulada por esses movimentos e faço questão de divulgar isso não é fazer coro? Se não o que é então?
O infeliciano apronta essas e outras há quanto tempo? Por que esses irmãos nunca foram na sua porta protestar contra ele? Por que não convocaram uma manifestação na porta da Igreja que ele pastoreia? Por que só agora querem fazer oposição? Por que não o fizeram antes? Isso então é ou não engrossar o coro com os ímpios?
Minha esposa e filhos andam preocupados comigo. Fui ameaçado, um site sério “Petição Pública” suspendeu o abaixo assinado que iniciei pedindo que investiguem o Sr Luiz Mott por crime de pedofilia. Esse abaixo assinado foi largamente divulgado nas redes sociais e tenho certeza absoluta que muitos que estão publicando coisas contra o infeliciano não foram lá assinar e outros assinaram como anônimos. Pergunto: Afinal de que lado essa gente está? Se isso fosse uma guerra, e de certa forma é, de que lado esse gente vai se posicionar?
Será que da mais ibope ficar contra ele e fazer coro com a turma do politicamente correto?
Tenho certeza que o PSC tinha outros nomes para indicar. Gente mais séria, menos controversa, mas, se fosse outro pastor ou um evangélico sério a choradeira seria a mesma.
Creio e tento sempre agir da mesma forma, nunca me calarei diante das insanidades dele e de tantos outros pastores, mas creio que a hora não é para que exatamente de nossa parte ele sofra mais oposição.
Prefiro esperar, ficar de olho, dar uma chance de ver o que exatamente ele vai fazer a frente da comissão. Orar por ele e desejar do fundo de minha alma que ele se porte como um homem sério, que aproveite essa oportunidade incrível de dar testemunho de homem de Deus. Em fim, essa é minha opinião, e cada um tem direito a sua. Eu tentei me posicionar diante desta situação com o equilíbrio que ela requer. Em ultima analise preferi ficar com a velha sentença: O INIMIGO DO MEU INIMIGO É MEU AMIGO!

Anônimo disse...

Pator Anselmo, eu me identifico como anônimo para que o sr Aberto Couto saibe que é, pois ele já disse, vírus M13 isto se refere a minha pessoa ele sabe que não sou idiota, e também não o conheço e nem quero coneçê-lo.
Vamos orar pelo Pastor Marcos Feliciano, pois foi o único que pôs a cara a tapa e está batendo de frente com o PT de safados e ladrões e também contra os gays safados e sua orgias.
Pode publicar, que seguro a bronca desta indivíduo aí charlatão do evangelho Alberto Couto.
Eu não tenho nada a ver com o sr pastor Anselmo, e sim com este boca aberta do Alberto Couto.
Ô Alberto Couto? Ô Vírus maléfico do evangelho que é vc, sr Alberto Couto.
se toca meu chapa, vc só fala asneira hein? E O PIOR QUE NÃO PARA? para Ô!
Ainda não aprendeu que bate em Chico bate também francisco hein?
Vc só toca a mesma faixa do disco, muda de faixa que estas já furaram, seja criativo, mas entendo o porque: a sua idade já é ultrapasssada para criar alguma coisa útil.
Olha primeiro os seu erros que são muitos antes de proferir contra alguém!
Meu caro infeliz Alberto Couto, parce que vc é o máximo o único e inaqualado, o certinho no mundo, se enxerga meu caro! Vc é um trocha desequilibrado, anormal.
Vc é uma pessoa amarga com as pessoas e consigo mesmo.
A inveja te corrõe!
Sua língua é um veneno mortal que trás depressão as pessoas ao falar e escrever.
QI e Cabeça de ameba vc é!
Vai cuidar de sua esposa seu chifrudo, olha o que rola ao seu lado que vc não enxerga, a não ser que goste do chapel de touro, vc só enxerga os outros e e gosta de ficar tomando conta das vidas alheias e esqueçe da sua.
Vc meu caro Alberto ó Filosofo,( se acha hein?) vc não tem nada na vida a fazer não! Ô seis e meia!
Seu joio do inferno!
Aliás seu blog Alberto é uma merda! Não vai lá não gente! Senão vcs saiem de lá deprimido com as barbaridades deste sujeito que escreve, este sujeito aí se veste de ovelha, mas é lobo devorador de cristão.
Ô Fodão Alberto Couto, o vírus M13 é vc meu caro, vc que é um vírus mortal do evangelho, e isto não me atinge não ok?
Vc sabe quem fala!
Vou sempre combater sua heresias e seu ódio pelo evangelho, e contra as pessoas que vc persegue.

victor disse...

Graça e Paz!!!Como cristão devo orar p/autoridades.O pr.Feliciano não seria minha escolha primeira, mas já que foi conduzido ao cargo, tem minhas orações e votos p/realizar um trabalho digno.abs.

Anônimo disse...

I believe what you posted was actually very reasonable.
But, what about this? suppose you were to create a awesome title?
I ain't suggesting your content isn't good., but what if you added something to maybe grab folk's attention? I mean "Marco Feliciano e a rejei�o dos "evang�licos": Trocando em mi�dos" is a little vanilla. You should look at Yahoo's front page and see how
they write news titles to grab viewers interested.
You might add a related video or a pic or two to get readers interested about what you've written. Just my opinion, it would make your posts a little bit more interesting.

Stop by my homepage; cheap louis vuitton handbags

Pr. Anselmo Melo disse...

Thank you for leaving your opinion. No doubt it is valid. Just a good theme does not guarantee readers really have to be creative with the title.

Pr. Anselmo Melo disse...

Irmão Moisés Jacob.
Precisamos mesmo estar em oração por ele. pedindo que Deus lhe de sobriedade e discernimento. O povo Deus não aguenta mais ser envergonhado com as atitudes de certos pastores.
Paz!

Pr. Anselmo Melo disse...

É verdade irmão Victor. Esse é nosso dever.
Obrigado por deixar seu comentário.
Paz!

Wanderley Dantas disse...

Pr. Anselmo, corroboradíssimo! Concordo contigo em gênero, número e grau! Sigamos salgando! Os evangélicos que tem engrossado o coro contra o Feliciano não conseguem prestar atenção no todo e estão se perdendo em miudezas alargadas pelo interesse anti-cristão. Há tempo para tudo debaixo do sol e, acredito, agora é o tempo de nos unirmos contra o inimigo comum. Abraços!

Otoniel M. de Oliveira disse...

Meu Amado pastor, eu li o seu texto e tive que concordar com o que foi postado neste site. Infelizmente o nome de Marcos Feliciano para presidir a Comissão dos Direitos Humanos foi um equívoco, haja vista ele não ter participado das reuniões. Veja o que foi colocado no Gospel Prime :
"Quem também usou a rede social para comentar sobre esta polêmica foi o deputado estadual Carlos Alberto Bezerra Jr (PSDB-SP) que não viu Feliciano participar de debates ligados aos direitos humanos. “Em 20 anos de militância não me lembro de tê-lo visto uma vez sequer seja em debates ou manifestações públicas contra a injustiça ou opressão, em defesa dos direitos humanos, a favor do pobre, do excluído, do direito da criança, daqueles que não tem voz”, escreveu.
Sobre as acusações e polêmicas que passaram a envolver o deputado federal, Carlos Alberto Bezerra Jr, que é pastor da Comunidade da Graça, lamenta e diz que a repercussão negativa não “promove a agenda do Reino de Deus”."

Ainda: "O deputado paulista atua como vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos do Estado de São Paulo e tem trabalhado em casos como as denúncias de trabalho escravo, sendo autor do projeto de lei que prevê o fechamento da empresa que utilizar trabalho em condições análogas à escravidão." A estratégia dos nossos inimigos foi totalmente incluída, quando apresentou um nome que não é aceito pelos evangélicos que estão atentos aos fatos no Brasil. A conduta dele como parlamentar é suspeita por causa dos motivos que o levaram a pleitear uma vaga no congresso nacional, os mesmos que trazem escândalos em outros do mesmo perfil. Só tenho a lamentar a escolha! Oro para que Deus nos guarde, porque só Ele pode nos guardar nesse Brasil iludido com a ideia de que pode ser um Estado Teocrático.

Otoniel M. de Oliveira disse...

Li o texto e só tenho a lamentar a escolha para presidir esta tão cobiçada Comi$$ão dos Direito$ Humano$, sem a arregimentação necessária. Ele é arrogante e falastrão. Quer que engulamos seus disparates teológicos sem dizer nada, porque é isso que vejo em suas colocações depois de criticado. Ele está dentro do plano para perder o posto para os nossos adversários.

Veja o que foi colocado pelo Deputado Carlos Alberto Bezerra Jr:

Quem também usou a rede social para comentar sobre esta polêmica foi o deputado estadual Carlos Alberto Bezerra Jr (PSDB-SP) que não viu Feliciano participar de debates ligados aos direitos humanos. “Em 20 anos de militância não me lembro de tê-lo visto uma vez sequer seja em debates ou manifestações públicas contra a injustiça ou opressão, em defesa dos direitos humanos, a favor do pobre, do excluído, do direito da criança, daqueles que não tem voz”, escreveu.
Sobre as acusações e polêmicas que passaram a envolver o deputado federal, Carlos Alberto Bezerra Jr, que é pastor da Comunidade da Graça, lamenta e diz que a repercussão negativa não “promove a agenda do Reino de Deus”.

O deputado paulista atua como vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos do Estado de São Paulo e tem trabalhado em casos como as denúncias de trabalho escravo, sendo autor do projeto de lei que prevê o fechamento da empresa que utilizar trabalho em condições análogas à escravidão.

Oremos para que Deus nos livre da ideia do Estado Teocrático que estão querendo para todos os evangélicos no Brasil. Esses salvadores da Pátria eu já vi em outras ocasiões.

Nerly Nunes disse...

A paz irmão! Eu entendi pastor. O que eu escrevi não foi ao senhor. Perdoe-me se o incomodei. Abraços!

Pr. Anselmo Melo disse...

Incomodo nenhum meu irmão. Fique em paz!!!

Peu Rocha disse...

D+ a mensagem, uma reflexão
amei o blog
espero q goste do meu tambem, e resolva ficar
um abraço

Bella Dourado disse...

Eu ainda sou a favor de que pastores e padres pastoream igrejas e politicos amam serem picados pela mosca azul do poder.

Infelizmente os cristão tem nos envergonhado no parlamento isto é um fato, os outros ja esperamos isto mas de cristão não há como não nos decepcionar-mos pelos testemunhos.

Só Jesus na causa, mesmo.
Abraços e boa semana a todos

Tacel Leal disse...

então os negros, gays, índios, mulheres e outras minorias são o "inimigo comum"? E o fato do "pastor" (falso profeta) Marcos Feliciano extorquir dinheiro de pessoas pobres e desesperadas deve ser "corroborado/aceito"? Cristianismo não se trata de luta por poder ou representação política no congresso: Cristianismo se trata de amar o próximo - me admira muito todos os "cristãos" aqui não saberem disso.
Quanta ignorância e preconceito: Estado Laico!!!!!!

Douglas Rodrigues disse...

Errado por estar apoiando minha propria raça contra um que faz citações equivocadas e infelizes contra aquilo que eu sou desde pequeno?!
Essa linha teológica que o Feliciano usa pra dizer que sou uma maldição já quase me fez entrar em depressão por um bom tempo, e afirmo que nenhum "pastorzinho de merda" veio em casa bancar o psicológo. Na verdade, eles só sabem apontar e cobrar. Exercem muito bem a função de promotor e credor, mas a de sacerdote mesmo nem servem, na verdade pra eles cê vale o quanto têm o que ele não esperava é que os afros, os homo e os ativistas do país fosse se manifestar de tal forma...
DEFINITIVAMENTE, ESTOU FARTO DESSA PORCARIA DE RELIGIÃO!!!

Pr. Anselmo Melo disse...

Tacel.
Quando me referi a grupos foi com relação aos movimentos homossexuais organizados.
E amar não é concordar com o pecado.

Pr. Anselmo Melo disse...

Quanta revolta Douglas.Generalizar é sempre perigoso.

Anônimo disse...

Prezado pastor Anselmo Melo.
Sou de família protestante e, durante muito tempo também o fui, um chamado “crente ativo”. As motivações pelas quais saí, são bastante pessoais. Não costumo me posicionar publicamente ante as notícias aqui na rede, mas o caso Pastor Feliciano é extraordinário. Em primeiro lugar, acho legítimo que a igreja cristã (católica ou evangélica) seja contra a homossexualidade e o casamento gay, pela simples razão de que a igreja pertence a esfera privada, e as suas bases sãos os textos sagrados. Ali, de fato, se verifica a incompatibilidade entre a homossexualidade e o cristianismo (I. Cor. 6). Em outra esfera, Constituição Federal de 1988 garante aos cidadãos o direito á religião. O Estado não pode obrigar de maneiras direta ou indireta que uma religião mude o seu credo para satisfazer demandas sociais, a não ser que o credo em questão atente contra a vida - o que não é o caso. Do ponto de vista religioso, entendo as palavras atribuídas pastor Silas Malafaia que teria dito que "ama o homossexual, mas odeia o homossexualismo." Trata-se de uma interpretação correta e literal do cristianismo Do ponto de vista jurídico, embora eu seja heterossexual, entendo que a homossexualidade do outro é um direito, desde que não seja imposição, do Estado, da mídia ou quem quer que seja. Claro, não sou ingênuo: os gays tem projeto de poder. Existe uma cruzada pró-gay; A sociedade brasileira não foi consultada sobre o casamento gay, de maneira que houve uma violação a democracia, como quase sempre. (OBS: POR CONTA DO TAMANHO, DIVIDI A POSTAGEM DO TEXTO)

Anônimo disse...

(OBS: POR CONTA DO TAMANHO, DIVIDI A POSTAGEM DO TEXTO)
CONTINUAÇÃO
Todavia, o que tem me irritado é outra questão: O pastor Feliciano teria dito que os negros são inferiores, etc..., ou seja teria praticado atos racistas com palavras. A pergunta é: onde está na Bíblia essa dedução da inferioridade dos negros? Não seria o caso da igreja protestante vir a público e esclarecer essas questões? Já dar para perceber que sou negro. Pois saiba, que além da jornada diária de racismo cotidiano, atualmente temos sido "povo manada", utilizados como fermento dos movimentos, dentre os quais o dos gays. È politicamente incorreto falar isso, mas é fato. A maioria da população negra brasileira é formada por católicos e protestantes. A maioria dos negros é formada por heterossexuais, (Gays tem legitimidade histórica em Grécia e Roma). No momento em que Feliciano atacou os negros (se de fato isso ocorreu) ele foi anti-cristão, pois não há vedação a raças na Bíblia. Ele ofendeu ao muitos pastores e padres negros; Ele deu um tiro no pé da igreja brasileira. Por que um tiro no pé? Porque repete exatamente o que os seus opositores gays querem: engrossar a sua fila pequena com os negros, os quais historicamente foram discriminados. Ora, ao legitimar o pastor Feliciano, creio que as igrejas brasileiras não se espelham nos batistas norte-americanos (das quais saíram vultos ati-racistas como Luther Kig) e negligenciam que as revoluções movimentos sociais na Europa, como a Revolução Inglesa, por exemplo, tenha sido iniciativa de protestantes que liam a bíblia. Portanto, sou contra o suposto posicionamento de Feliciano, não por ele ser homofóbico (Isso não é da minha conta. Reconheço o quanto os gays devem sofrem cotidianamente, mas minha cruz é pesaAd demais para juntar-se a outras bandeiras ) Mas por conta de utilizar a Bíblia, erroneamente, para tentar inferiorizar etnias e homogeneizar grupos. Ora, há negros católicos, protestantes, espíritas, candomblecistas, socialistas, capitalistas, héteros e gays. Cada qual com suas convicções e escolhas, de maneira que sou contra a homogeneização, a qual o a mídia e as instituições de poder tentam fazer a todo tempo, ao definir “a religião dos negros”, a “ música dos negros’... o lugar dos negros, como se não fôssemos humanos e tão capazes quanto qualquer um outro. E só para encerrar, pelos supostos ditos de Feliciano, acho que ele não deveria ter essa visibilidade, pois conheço pastores que estudam; são intelectuais. Mesmo que eu não concorde com eles, o debate se faz de maneira classificada e em um nível acadêmico melhor. Noutras palavras, os protestantes brasileiros deveriam voltar para as bases cultas e intelectuais dos protestantes europeus e norte-americanos, sem as quais não haveria o progresso científico e filosófico que hoje temos, e combater os pastores sem estudo ou outros: ligados ao evangelho da prosperidade e à apostasia disfarçada de apostolado.

Anônimo disse...

CONTINUAÇÃO: GOSTARIA DE UMA RESPOSTA: PSEUDÔNIMO: MAX WEBER.

Pr. Anselmo Melo disse...

Meu caro Max Weber.
O Pr Marcos Feliciano e mais um entre muitos pastores que costumo dizer que foram “feitos nas coxas”. Expressão evidentemente chula para classificar uma pessoa despreparada para a função ou cargo que exerce, no caso em questão a de Pastor.
Envergonho-me pela maneira como muitas coisas hoje acontecem em nosso meio. A demanda fala mais alto que o bom censo e vários ministérios são fundados e ou dirigidos por homens sem qualquer formação teológica. Feliciano é mais um entre tantos outros que se enquadram perfeitamente nesse perfil.
A algum tempo atrás o mesmo alardeava aos quatro cantos ser “doutor em divindade”, curso sem qualquer tipo de reconhecimento acadêmico que é oferecido pela internet e feito a distância.
Por essa e outras tantas razões conhecidas por quase todos que sempre fui crítico em relação à atuação do Marcos Feliciano como pastor Evangélico. O Evangelho perde, homens sérios que labutam no ministério sofrem, a Igreja de Cristo sofre com todos esses escândalos que na maioria das vezes são protagonizados por esse tipo de liderança muito comum no meio pentecostal e neo pentecostal.
Marcos Feliciano fez uma interpretação equivocada de alguns textos bíblicos razão da sua justa indignação e da de tantos outros. Fez uma interpretação equivocada por um motivo simples, sua formação, ou melhor, a falta dela, não lhe oferece subsídios suficientes para uma boa e correta exegese bíblica. O problema maior aqui é que por conta de sua desenvoltura e malabarismo o mesmo ganhou notoriedade e fama a ponto de render-lhe um mandato de deputado federal. Fato esse que também condeno. Eu, jamais, enquanto ministro do Evangelho de Cristo e Embaixador de Deus nesse mundo me rebaixaria a ponto de assumir um cargo eletivo em qualquer esfera de governo. Pastor é Pastor, político é político, em minha opinião são funções divergentes demais para que se postule caminhar juntos.
Infelizmente os movimentos organizados LGBT estão a muito fazendo o que sabiamente você percebeu. Tentando colocar dentro de um mesmo saco as questões raciais com as questões envolvendo pretensos direitos dos homossexuais. Querendo que a sociedade os veja como marginalizados e perseguidos e assim preiteando junto ao poder público leis e proteção especial, (sobre esse tema existe muito a se dizer).
Talvez então diante de minhas afirmações você me pergunte; _ por que então defendes o Marcos Feliciano?
Como deixei claro em outros comentários, não sou partidário do Marcos Feliciano, não concordo com sua postura diante dos assuntos que já expus aqui. Mas sou a favor da família, sou contra leis que promovam o homossexual a uma espécie de casta protegida por leis que não amparam outro cidadão. Sou contra o casamento gay, sou contra a adoção de crianças por pares de homossexuais. Sou contra sua militância cristofóbica e tendenciosas que a todos que não concordam com seu modo de vida taxa de homofóbicos, preconceituosos e fundamentalistas (em sentido pejorativo).
Logo, sou a favor de alguém que pode regular tensões que existem de forma muito clara a favor desses movimentos. Alguém que pode transformar uma casa que outrora era um ninho de pederastas em uma casa que de fato defenda os direitos humanos e de minorias. Sou a favor de alguém que pode, mas que infelizmente não posso afirmar que fará.
De qualquer forma entre ele e os promotores do homossexualismo, do aborto e da estatização da família eu prefiro ele. Prefiro alguém que ainda pode se arrepender dos erros do passado e promover um trabalho que defenda os direitos humanos e engrandeça dentro desta mesma casa o Evangelho de Cristo.
Espero ter respondido com clareza as suas duvidas, mas, de qualquer forma estou a disposição sua ou de qualquer outro leitor.
Obrigado por prestigiar meu trabalho aqui.
Fique na paz de Cristo.


Pr. Anselmo Melo disse...

O Pr Marcos Feliciano e mais um entre muitos pastores que costumo dizer que foram “feitos nas coxas”. Expressão evidentemente chula para classificar uma pessoa despreparada para a função ou cargo que exerce, no caso em questão a de Pastor.
Envergonho-me pela maneira como muitas coisas hoje acontecem em nosso meio. A demanda fala mais alto que o bom censo e vários ministérios são fundados e ou dirigidos por homens sem qualquer formação teológica. Feliciano é mais um entre tantos outros que se enquadram perfeitamente nesse perfil.
A algum tempo atrás o mesmo alardeava aos quatro cantos ser “doutor em divindade”, curso sem qualquer tipo de reconhecimento acadêmico que é oferecido pela internet e feito a distância.
Por essa e outras tantas razões conhecidas por quase todos que sempre fui crítico em relação à atuação do Marcos Feliciano como pastor Evangélico. O Evangelho perde, homens sérios que labutam no ministério sofrem, a Igreja de Cristo sofre com todos esses escândalos que na maioria das vezes são protagonizados por esse tipo de liderança muito comum no meio pentecostal e neo pentecostal.
Marcos Feliciano fez uma interpretação equivocada de alguns textos bíblicos razão da sua justa indignação e da de tantos outros. Fez uma interpretação equivocada por um motivo simples, sua formação, ou melhor, a falta dela, não lhe oferece subsídios suficientes para uma boa e correta exegese bíblica. O problema maior aqui é que por conta de sua desenvoltura e malabarismo o mesmo ganhou notoriedade e fama a ponto de render-lhe um mandato de deputado federal. Fato esse que também condeno. Eu, jamais, enquanto ministro do Evangelho de Cristo e Embaixador de Deus nesse mundo me rebaixaria a ponto de assumir um cargo eletivo em qualquer esfera de governo. Pastor é Pastor, político é político, em minha opinião são funções divergentes demais para que se postule caminhar juntos.
Infelizmente os movimentos organizados LGBT estão a muito fazendo o que sabiamente você percebeu. Tentando colocar dentro de um mesmo saco as questões raciais com as questões envolvendo pretensos direitos dos homossexuais. Querendo que a sociedade os veja como marginalizados e perseguidos e assim preiteando junto ao poder público leis e proteção especial, (sobre esse tema existe muito a se dizer).
Talvez então diante de minhas afirmações você me pergunte; _ por que então defendes o Marcos Feliciano?
Como deixei claro em outros comentários, não sou partidário do Marcos Feliciano, não concordo com sua postura diante dos assuntos que já expus aqui. Mas sou a favor da família, sou contra leis que promovam o homossexual a uma espécie de casta protegida por leis que não amparam outro cidadão. Sou contra o casamento gay, sou contra a adoção de crianças por pares de homossexuais. Sou contra sua militância cristofóbica e tendenciosas que a todos que não concordam com seu modo de vida taxa de homofóbicos, preconceituosos e fundamentalistas (em sentido pejorativo).
Logo, sou a favor de alguém que pode regular tensões que existem de forma muito clara a favor desses movimentos. Alguém que pode transformar uma casa que outrora era um ninho de pederastas em uma casa que de fato defenda os direitos humanos e de minorias. Sou a favor de alguém que pode, mas que infelizmente não posso afirmar que fará.
De qualquer forma entre ele e os promotores do homossexualismo, do aborto e da estatização da família eu prefiro ele. Prefiro alguém que ainda pode se arrepender dos erros do passado e promover um trabalho que defenda os direitos humanos e engrandeça dentro desta mesma casa o Evangelho de Cristo.
Espero ter respondido com clareza as suas duvidas, mas, de qualquer forma estou a disposição sua ou de qualquer outro leitor.
Obrigado por prestigiar meu trabalho aqui.
Fique na paz de Cristo.


Pr Josias pereira de assis disse...

Apenas um pequeno comentario, eu não vejo nas redes sociais, nem em outros locais os padres se acuzando, os pais de santos, só nós os pastores que fazemos tal coisa.

e dizemos que temos conhecimentos biblicos.

JOSÉ LUIZ DA SILVA disse...

Sabe o que eu acho, além dele renunciar o cargo, deveria também renunciar o de deputado, no meu ver evangelicos não deveriam se meter com politica, se tornam iguaizinhos a eles. Outra coisa aquela do cartão de credito foi demais. Hj eu sou afastado da igreja, mas foi atutitude como essa que me afastei da igreja. Na verdade todos os pastores querem tirá dinheiro dos menos esclarecidos.

Beto Rodrigues disse...

Tacel, O Estado é Laico mas não é Ateu! Sei que você como uma pessoasábia que deve ser consegue perceber a diferença. Os erros do Pr. Marco Feliciano como pastor não deveriam ser colocados em destaque aqui, visto que o que se está sendo discutido é uma atividade parlamentar. Pois se a ideia é colocar alguém que não cometa erros na presidência da comissão, infelismente essa será uma comissão sem presidentes.
Acredito que o Pr. Marco Feliciano vá fazer um excelente trabalho e vai calar a boca de muita gente. Estarei orando por ele e por todos os que são contra ele.

Pr. Anselmo Melo disse...

Obrigado Beto Rodrigues popr sua participação. Suas colocações foram muito lúcidas.
Paz!

jorge santos disse...

vamos ficar contra o inferno mesmo pr; anselmo, e vamos pregar contra a prostituição, vamos se unir mesmo porque todo servo de DEUS do pará, estar orando pelo pr marcos feliciano, o programa CQC, xuxa, e outros jornalista e contra o pastor marcos, e qual o papel que agente vai fazer, se unir com as trevas ou com a luz, eu estou do lado da luz, vamos se unir,

jorge santos disse...

vamos orar pelo pastor marcos e para de criticar, nem jesus agradou atodos, quanto mais o pr: marcos feliciano, vamos mesmo pr anselmo orar por ele, lhe agradeço pelo apoio, ao pastor, todo servo de DEUS DO PARÁ ESTA ORANDO PELO MARCO

Anônimo disse...

O pastor Marco Feliciano é tão "racista" e "homofóbico" quanto Chorão era "poeta"; e Chávez, "amigo do Brasil".
Mas, neste país, a ânsia de aderir ao coro é sempre maior que o desejo de buscar o conhecimento faltante.
****
O mínimo que você deveria ter lido antes de xingar o pastor daquilo que ele não é - ou, pelo menos, não foi neste caso - são as análises de Reinaldo Azevedo que seguem abaixo...:
1) http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/comissao-de-direitos-humanos-racismo-homofobia-e-muita-conversa-mole-ou-a-marcha-dos-intolerantes/
2) http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/negro-e-racista-desta-vez-a-patrulha-quebrou-a-cara-nao-foi-por-falta-de-aviso-ne/
3) http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/o-video-em-que-feliciano-agora-demonizado-pelo-pt-pede-voto-para-dilma-em-encontro-religioso-ou-os-que-agora-babam-estavam-com-o-deputado-pastor-em-2010-quem-pariu-mateus-que-faca-naninha-com-ele/
4) http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/presidente-do-pt-pede-saida-de-pastor-de-comissao-em-marco-do-ano-que-vem-petistas-voltam-a-puxar-o-saco-dos-crentes-ou-promessa-de-gilberto-carvalho-de-pt-disputar-espaco-com-ev/
Se, depois disso, você continuar achando que o pastor foi racista e homofóbico, lamento.


Em relação ao Deputado Estadual Carlos Alberto Bezerra Junior. O partido dele é o PSDB, até agora esse ano o então pastor da Comunidade da Graça só apresentou 03 projetos de lei:
1-Declara a utilidade pública estadual da Convenção Batista do Estado de São Paulo. Carlos Bezerra Jr
2-Declara de utilidade pública a Casa de Assistência Filadélfia - CAF. Carlos Bezerra Jr
3-Declara a utilidade pública da Associação Batista da Penha - ABAPE.

Fonte: http://www.al.sp.gov.br/processo-legislativo/proposicoes/proposicoes-pesquisa

Ou seja, o parlamentar ganhar cerca de R$ 20 mil por mês para apresentar esses 03 projetos de lei.

A história se repete entre Davi e Saul : Marcos Feliciano e PT, legalização de casamento homoafetivos, legalização do aborto, e a distribuição de cartilhas nas escolhas para que crianças de 0 a 6 anos saibam escolher sua opção sexual.

Real Time Web Analytics
Template personalizado por Elaine Gaspareto

TOPO ▲