21/01/2013

Deputado Jean Wyllys diz que 60% dos parlamentares contratam prostitutas


Segundo as contas do deputado sodomita Jean Wyllys cerca de 320 deputados se utiliza dos préstimos de prostitutas.
O Congresso Nacional então passa a acumular mais um título nada honroso. O de maior bordel do Brasil.
Será que alguém já pensou em acrescentar as camisinhas como parte das verbas de gabinete?


Agência Folhapress

Autor de um projeto de lei que legaliza a prostituição, o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) afirmou que 60% dos homens do Congresso usam os serviços de prostitutas. A declaração foi feita em entrevista ao portal IG, ao avaliar qual seria as chances de sua proposta ser aprovada, uma vez que o tema é tabu para a maioria dos deputados.

“Eu diria que 60% da população masculina do Congresso Nacional faz uso dos serviços das prostitutas, então acho que esses caras vão querer fazer uso desse serviço em ambientes mais seguros”, disse Wyllys.

A frase não foi bem recebida por representantes da bancada evangélica, que pretendem trabalhar pelo arquivamento da proposta.

“Se ele [Wyllys] sabe quem faz isso, por uma questão de responsabilidade eu o desafio a dizer os nomes dos deputados que vão aos prostíbulos”, disse o deputado Anthony Garotinho (PR-RJ), vice-presidente da Frente Parlamentar Evangélica.

O projeto de Wyllys prevê que serão considerados profissional do sexo toda pessoa maior de 18 anos e absolutamente capaz que voluntariamente presta serviços sexuais mediante remuneração. Segundo o texto, os profissionais poderão atuar de forma autônoma ou em cooperativa e terão direito a aposentadoria especial com 25 anos de serviço.

O parlamentar também diferencia prostituição de exploração sexual. Segundo o texto proposto, a exploração ficará evidenciada quando ocorrer apropriação total ou maior que “50% do rendimento da atividade sexual por terceiro; pelo não pagamento do serviço sexual prestado voluntariamente; ou por forçar alguém a se prostituir mediante grave ameaça ou violência”.

“É de um moralismo superficial causador de injustiças a negação de direitos aos profissionais cuja existência nunca deixou de ser fomentada pela própria sociedade que a condena”, afirma o deputado, que não foi localizado pela Folha ontem. Proposta similar foi apresentada pelo ex-deputado Fernando Gabeira em 2003.

Após pressão de integrantes de setores conservadores da Casa, ela teve como destino o arquivo. 
Author Image

Anselmo Melo
Anselmo Melo, Carioca, casado e pai de três filhos (herança do Senhor). Pastor Evangélico e empresário. Moro atualmente no Estado de São Paulo onde pastoreio a Igreja de Nova Vida em Limeira. Sou fundador e presidente da Associação Projeto Resgate Vida.

3 comentários:

  1. Pastor Anselmo, e eles estão errado?
    Eles Já roubam descaradamente do povo, é claro que eles tem o direito de contratar prostitutas para o seu lazer, e tirar os stress destes grandes trabalhadores que ajudam o povo.
    Leis que funcionam em prol dos bandidos, eles merecem fazer orgias!
    Não vamos ser injustos com eles, sendo que eles trabalham em prol do povo, e paga um salário digno para o aposentado: Salário Mínimo.
    É isto que vale um trabalhador para estes lixos políticos imundos.
    E o pior é quem pôs no poder como Deputado Federal este sujeito aí o Jean Wyllys, estes que fizeram sito são uns tremendos sacanas e safados filhos da p...
    E também os que põe políticos corruptos no poder são também uns filho da p...
    A bomba que caiu no Japão na segunda guerra mundial em que destruiu as duas cidades, ao passar o tempo, agora vejo que o lugar certo desta bomba cair não era no Japão, e sim no Congresso Nacional do Brasil, em Brasília, e com o congresso cheio de deputados e Senadores reunidos em assembleia e explodir tudo, todos os corruptos políticos, aí o pais vai funcionar.
    O pior se isso acontecesse, não ia sobrar nenhum político.
    Mas esquecemos dos filhos deles que podem assumir o poder no futuro.
    Então não vai mudar nada, a sacanagem de corrupção vai continuar isto já parte do roteiro do Congresso de bostas, e nunca terminará neste lixo de país que se chama brasil de safados lideres políticos.
    É de dar nojo este país de sacanagem geral.

    ResponderExcluir
  2. Concordo com o saudoso arquiteto Oscar Niemeyer, Brasilia deveria ter sido construido em forma de um camburão.

    ResponderExcluir
  3. Pastor Anselmo aí diz será que os político usam camisinha?
    Creio que não! pois o falecido deles não funciona mais.
    E creio que é só fachada deles com prostitutas, pois eles a maioria são gays, o negocio deles é namorados e muitos são passivos sendo a mulher na transa, a maioria.
    O próprio gay deputado Jean Wyllys disse isto, que tem políticos lá que não saiu do armário, tem muitas políticos mocinhas gostam de usar calcinha sendo pai de família.
    É de dar vomito!
    Me desculpe a expressão, mas não aguento ficar calado!
    Agora sobre Cueca? Aí eu sei com toda certeza que usam e com prazer, lá é um bom esconderijo de money, dindim, é na cueca que rola a transação do nosso dinheiro onde eles escondem as propinas, como fez alguns deputados vagabundos, bandidos, e ainda teve o cara de pau de um deputado pastor que orou agradecendo e pedindo desculpa a Deus de receber o dinheiro de corrupção ativa.
    Mas não devolveu ao povo não! Este é safado o Verdadeiro lobo vestido de ovelha, e ainda escandalizou o evangelho.
    A cueca é o lugar adequado onde eles os ladrões políticos põe o dinheiro nosso, alguém se arrisca em por a mão lá dentro da sua cueca? Olha que cuecas são extra GGGG para caber tudo.
    A camisinha é transparente aí não dá! Só dentro da cueca.
    E de quebra os safados dão sorriso para a camera de tv e dizem que é mentira.
    Caras de madeira maciça!Políticos Vagabundos, Safados, Inimigos do povo!
    Tenho desprezo total ao políticos!Seus anos!

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante,
Você pode elogiar ou criticar, observe apenas:

1-Não publicamos criticas de ANÔNIMOS e nem comentários que não estejam relacionados com o assunto.

2-Baixarias e palavrões também não.

3-Nem todas as publicações são de minha autoria e o fato de estarem aqui não implica necessariamente em que eu concorde com todo o teor do post.

4- Quer ser respeitado? Mostre respeito!