Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

A Igreja Universal e a derrota de Celso Russomano em São Paulo

O grande perdedor nas eleições para prefeito de São Paulo em 2012, tem um nome: Bispo Edir Macedo - o líder maior da Igreja Universal do Reino de Deus. Pela leitura do que a imprensa escreveu, o projeto da candidatura de Celso Russomano foi desenhado há cerca de dois anos, mas em menos de duas semanas despencou de 35 para 21% e virou fumaça nas urnas.
Quando uma candidatura tem na sua coordenação os Bispos de uma Igreja, uma estrutura de campanha de uma rede de TV da mesma Igreja, e o grande líder dela vem a público para dizer que "nunca viu o tal candidato", em uma simples análise, esta liderança achou que poderia fazer da Cidade de São Paulo uma grande congregação universal.

 Cada um no seu quadrado.


 Igreja é um projeto de Deus e aqueles que receberam a soberana vocação de Deus para cuidar do rebanho de Deus, não podem deixar o arado para se imiscuir diretamente como protagonistas de projetos políticos. A Igreja não pode ser usada como trampolim para o poder temporal. Isto é perigoso. Já não deu certo no passado. A Igreja deve cuidar do sagrado.

Por que não funcionou?
Esta deve ser a pergunta, ainda sem resposta, que os líderes da Igreja Universal estão procurando para explicar esta surra eleitoral. Não funcionou porque a verdade chegou até os ouvidos do povo. Enquanto a verdade estava disfarçada na penumbra - tudo estava bem para "ambas as partes". O povo descobriu que as intenções desta Igreja era fazer o prefeito de São Paulo, por isso abandonou a candidatura de Russomano.

Os membros da Igreja Universal e a maioria de seus pastores são cristãos genuínos; estão ali porque receberam a bênção da salvação e a cura para seus males. Glória a Deus. Mas não se pode gloriar por outro lado, quando a liderança desta Igreja manipula uma estrutura corporativa eficiente e eficaz para fins não eclesiásticos.


Ninguém pode negar que o Bispo Macedo é um homem de grande inteligência e de grande capacidade de liderança organizacional. Por outro lado, mesmo com tudo isto, ele se deixou corromper pelo desejo do poder. Quis enfrentar e derrotar o falecido Roberto Marinho, usando das mesmas armas da TV Globo: novelas, filmes indecentes, com uma diferença: Roberto Marinho fundou seu império à sombra da ditadura, mas a Rede Record - que foi comprada com dízimos e ofertas do povo de Deus.


E Deus não se deixa escarnecer. 
Aquilo que é de Deus não pode ser usado para o serviço de César. Não adianta orar, determinar, nem ficar 40 dias jejuando no Monte Sinai, pois se os meios não justificam os fins - o resultado é derrota mesmo. Quando o bispo deixa o santo pelo profano, a glória de Deus por uma glória terrena é um péssimo sinal.

Sinal de que esta liderança já não se deixa mais aconselhar; que já não mais ouve com clareza a voz do Espírito de Deus. O projeto político faliu em 15 dias. Da glória à derrota em duas semanas. E a resposta desta fragorosa derrota está bem explicada em São João 8;32: "E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará". O povo paulistano ficou sabendo da verdade, e manifestou seu desagravo nas urnas.

Russomano perdeu eleições já ganhas. Perdeu porque o povo descobriu a tempo, quem na verdade ficaria com o poder em São Paulo: os bispos da liderança da Igreja Universal.

O grande perdedor nesta derrota é o Bispo Macedo que hoje caiu do cavalo! Lugar de Bispo é na forjaria do Evangelho onde se malha com a palavra a bigorna do pecado. O resto é vaidade humana.
Por:João Cruzué Fonte:Olhar Cristão

0 comentários:

Real Time Web Analytics
Template personalizado por Elaine Gaspareto

TOPO ▲