Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O pecado da rebeldia

"Acaso tem o SENHOR tanto prazer em holocaustos e em sacrifícios quanto em que se obedeça à sua palavra? A obediência é melhor do que o sacrifício, e a submissão é melhor do que a gordura de carneiros. Pois a rebeldia é como o pecado da feitiçaria, e a arrogância como o mal da idolatria. Assim como você rejeitou a palavra do SENHOR, ele o rejeitou como rei". (I Samuel 15.22 e 23)

Sabemos que para Deus não existe distinção entre pecados, mas igualmente sabemos que as conseqüências sempre são diferentes dependendo da falta cometida.
Deus foi mais duro, mais severo com a rebeldia de Saul do que com o adultério de Davi. O pecado de Davi teve conseqüências trágicas, porém a rebeldia de Saul lhe custou o trono, a ruína de seus ante queridos e a sua morte.
Por quê?
Não acredito em uma única resposta ou em uma resposta fácil, porém poderíamos afirmar que a rebeldia para Deus é muito mais nociva e abominável. Toda rebeldia é um insulto direto a Deus, detentor de toda autoridade nos céus e na terra. É ele quem confere igualmente autoridade aos homens.
A rebeldia foi o pecado que precipitou da glória Lúcifer e um terço dos anjos.

Na Igreja existem alguns tipos de rebeldes:

O REBELDE DESCARADO: É aquele que se levanta declaradamente contra a autoridade.

O REBELDE CAMUFLADO: É aquele que fica pelos cantos, formando motim, manifestando sua posição contrária à da autoridade e procurando adeptos. 

O REBELDE SEM CAUSA: Ele é contra. É contra o que se faz, é contra o que se ensina, mais nunca tem argumentos válidos que respaldem sua opinião. Ele simplesmente é contra porque é contra.

O diabo é especialista em mover o coração do homem em direção à rebeldia, ele sabe que, uma vez plantada no coração do homem essa maligna semente, dificilmente o rebelde  libertar-se-a.
Nunca estará feliz, trocará algumas vezes de Igreja por não suportar estar debaixo da autoridade de alguém, até tornar-se-á um desviado na fé.
Assim como o pecado da ingratidão visto no post anterior, o pecado da rebeldia corrói como uma gangrena a sua vitima, conduzindo-a a um estado de torpor espiritual onde na maioria das vezes o acometido deste mal se considera a única pessoa certa sobre a face da terra.
Que Deus te livre deste mal meu irmão, que você encontre o perdão aos pés da cruz e volte as suas primeiras obras.

Pr. Anselmo Melo

4 comentários:

Jadersom Ribas disse...

Tem que se ter muito cuidado com aquilo que se qualifica como "rebeldia"...

Nem tudo que aparenta, é...

Quando se coloca numa postagem rebeldia e indignação como se fossem tudo uma coisa só, cometem-se injustiças.

Exemplo: Não dá pra qualificar como "rebeldia" a indignação de um fiel quanto a má conduta de um Pastor, haja visto o quanto tem de "pastores" aprontando por aí...

Como dizia Santo Agostinho - A Ira pelo santo zelo é justificada...

Portanto, temos que discernir cada caso...

Pr. Anselmo Melo disse...

Verdade meu irmão.Existe muita gente por aí se valendo do texto que citei para manipular e não ser questionado.
Temos mesmo que tomar muito cuidado.

Anônimo disse...

Muita BENÇÃO PASTOR!

Anônimo disse...

O que o Jaderson questionou é a pura verdade. Infelizmente aconteceu hoje em nossa igreja, o pastor usou o texto no boletim da EBD para chamar de rebeldes aqueles que não aceitam suas condutas. Pena que ainda não desconfiou que é o rebelde é ele mesmo , Trabalhando contra a Igreja Santa. Vai prestar contas disso.

Real Time Web Analytics
Template personalizado por Elaine Gaspareto

TOPO ▲