Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mas o justo viverá da fé

Mas o justo viverá da fé; E, se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele. 
Hebreus 10:38
No livro de 2 Crônicas a partir do cap. 14 lemos a história do Rei Asa. Logo no verso 2 vemos a seguinte afirmação: E Asa fez o que era bom e reto aos olhos do SENHOR seu Deus. 
2 Crônicas 14:2
Houve prosperidade e paz durante anos em seu reinado; todas as reformas promovidas por ele agradavam a Deus e esse o abençoava sobremaneira.
No verso 9 vemos a investida de Zerá, um Rei etíope que passava como uma espécie de “rolo compressor” sobre seus inimigos. Em uma época em que as guerras eram travadas basicamente no homem a homem o Rei Asa estava em clara desvantagem. Era um milhão de soldados contra pouco mais de 500 mil homens do lado de Judá. Qualquer que observasse o que estava prestes a acontecer já antevia o eminente massacre.
Foi quando Asa declarou sua confiança em Deus e sua total dependência de uma intervenção divina: E Asa clamou ao SENHOR seu Deus, e disse: SENHOR, nada para ti é ajudar, quer o poderoso quer o de nenhuma força; ajuda-nos, pois, SENHOR nosso Deus, porque em ti confiamos, e no teu nome viemos contra esta multidão. SENHOR, tu és nosso Deus, não prevaleça contra ti o homem. 2 Crônicas 14:11

O que a Bíblia nos relata em seguida é a total derrocada do exercito inimigo, mais do que isso, foi uma estrondosa vitória do Rei Asa contra aquele terrível inimigo.
Ainda naqueles dias Azarias, filho de Odede confortou o Rei Asa afirmando: Mas esforçai-vos, e não desfaleçam as vossas mãos; porque a vossa obra tem uma recompensa. 
2 Crônicas 15:7


Animado Asa prosseguiu com as reformas espirituais necessárias para que apenas o nome de Deus fosse adorado em Judá.
Infelizmente depois de 36 anos reinando em paz Judá foi novamente afrontada, desta vês porém por seus próprios irmãos, Baasa Rei de Israel pretendia algo contra Judá.
Foi quando Asa resolveu que recorreria a uma aliança com um Rei ímpio, de uma nação historicamente inimiga do povo de Deus. Ele resolveu que não guerrearia e usou parte do tesouro da casa de Deus para subornar  Ben-Hadade, rei da Síria. "Então Asa tirou a prata e o ouro dos tesouros da casa do SENHOR, e da casa do rei; e enviou servos a Ben-Hadade, rei da Síria, que habitava em Damasco, dizendo:
Acordo há entre mim e ti, como houve entre meu pai e o teu; eis que te envio prata e ouro; vai, pois, e anula o teu acordo com Baasa, rei de Israel, para que se retire de sobre mim.
E Ben-Hadade deu ouvidos ao rei Asa, e enviou os capitães dos seus exércitos, contra as cidades de Israel, e eles feriram a Ijom, a Dã, a Abel-Maim, e a todas as cidades-armazéns de Naftali". 
2 Crônicas 16:2-4.

O que aconteceu afinal com o Rei Asa? Porque resolveu confiar no homem a despeito de tudo aquilo que Deus tinha feito em seu favor? Porque muitas vezes nós abdicamos de depositar nossa esperança em Deus e sucumbimos diante da possibilidade de resolver tudo com nossas mãos, na força do nosso braço e confiando somente em nossas próprias habilidades?
Sim meus irmãos, infelizmente aquilo não acabaria bem.

Naquele mesmo tempo veio Hanani; o vidente, a Asa, rei de Judá, e disse-lhe: Porquanto confiaste no rei da Síria, e não confiaste no SENHOR teu Deus, por isso o exército do rei da Síria escapou da tua mão.
Porventura não foram os etíopes e os líbios um grande exército, com muitíssimos carros e cavaleiros? Confiando tu, porém, no SENHOR, ele os entregou nas tuas mãos.
Porque, quanto ao SENHOR, seus olhos passam por toda a terra, para mostrar-se forte para com aqueles cujo coração é perfeito para com ele; nisto, pois, procedeste loucamente porque desde agora haverá guerras contra ti”. 
2 Crônicas 16:7-9
Asa retrocedeu, recuou, não usou a sua melhor e mais eficiente arma de batalha, sua fé.
Ainda hoje os olhos do Senhor passam por toda terra, e ainda hoje ele se mostra forte para com aqueles que depositam nele a sua confiança.

Que diante de todos os obstáculos que a vida nos apresenta, mesmo diante de todas as lutas, que a nossa confiança e esperança estejam no Senhor, vivamos na certeza de que ele é por nós.
Que Deus abençoe sua vida ricamente.
Paz!

Pr Anselmo Melo (Mensagem pregada no domingo dia 20 de maio na C.A.Operação Resgate)

0 comentários:

Real Time Web Analytics
Template personalizado por Elaine Gaspareto

TOPO ▲