Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Teólogo muçulmano autoriza mulheres solteiras a praticarem masturbação para não caírem em pecado

O conceituado ulemá (teólogo islamita) Abdelbari Zemzemi, um marroquino que é considerado polêmico por suas posições a respeito da lei islâmica Sharia, afirmou que mulheres solteiras que não conseguem controlar sua libido, podem se masturbar usando “cenouras ou garrafas”.
Zemzemi afirmou que “o uso de uma cenoura ou uma garrafa está autorizada pelos ulemás e a Sharia”. Ele ressaltou que essa orientação é para situações específicas: “diz respeito a casos excepcionais: mulheres solteiras que não querem manter relações sexuais sem se casar e têm dificuldade de controlar sua libido”.
O ulemá é um ex-deputado e presidente de uma associação religiosa no Marrocos, e acha normal que suas declarações causem espanto, “pois a sexualidade é um tema tabu no Marrocos”.

Ele defende-se afirmando que a “sharia evoca esses temas íntimos com muita liberdade e o objetivo é evitar as relações sexuais fora do matrimônio”. De acordo com informações do blog O Contorno da Sombra, pela lei do Islã a masturbação é uma prática proibida, porém algumas escolas aceitam sua prática, alegando que “entre dois males, é melhor escolher o menor”.
É nesse ponto que Zemzemi baseia seu argumento de que se uma mulher solteira não consegue controlar seus instintos, é melhor que ela se masturbe usando os tais acessórios, do que caia em Zina (pecado).
Fonte: Gospel+ Publicado por Tiago Chagas 

0 comentários:

Real Time Web Analytics
Template personalizado por Elaine Gaspareto

TOPO ▲