Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pastor Rick Warren afirma que prefere ser preso a seguir lei de Barack Obama que legaliza abordo

O pastor estadunidense Rick Warren se manifestou contrário às novas exigências adotadas pelo governo de Barack Obama, em seu Twitter, o pastor criticou o posicionamento da administração do presidente dizendo que prefere ser preso a obedecer a nova lei que rege sobre os planos de saúde, exigindo que instituições religiosas passem a aceitar os métodos contraceptivos, considerados pelo pastor como abortivos.
“Eu prefiro ir para a cadeia a violar a lei de Deus”, citou o pastor, indignado com as leis que trarão em vigência a partir de 2013. Ele ainda citou um trecho do livro de Atos, que diz, “antes importa obedecer a Deus do que aos homens”.
Rick Warren é escritor do livro “Uma vida com propósito”, best-seller que já vendeu mais de 30 milhões de cópias. É líder uma igreja com mais de 20 mil membros na Califórnia e é um dos pastores de maior influência nos Estados Unidos. Suas críticas foram direcionadas especialmente ao presidente Barack Obama, qual tem sido alvo da reprovação evangélica no país pelas novas medidas implantadas.

Outros líderes evangélicos se manifestaram sobre o assunto, o Dr. Richard Land, presidente da Convenção Ética e Comissão de Liberdade Religiosa da Igreja Batista, também presidente da Revista Time Magazine, declarou, “nós não iremos cumprir essa lei”. O presidente do Seminário Batista do Sul, Dr. Albert Mohler, comentou sobre o risco que os cristãos estão correndo de enfrentar prisões, por discordarem da lei.
Várias igrejas têm se mobilizado juntamente para protestar contra o plano de saúde da Administração Obama. Protestantes, católicos e ortodoxos são contra a lei no país, posto que a liberdade religiosa.
Fonte: Gospel+Publicado por Valder Damasceno

0 comentários:

Real Time Web Analytics
Template personalizado por Elaine Gaspareto

TOPO ▲