Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mamon é amor?

Quem é amor?

Essa pergunta é fácil de responder à luz da palavra, mas será que dentro do nossos corações a resposta é a mesma ou estamos damos uma outra resposta inconscientemente com nossas atitudes ?
Muitas vezes baseamos a nossa felicidade em outras coisas ao invés de nos alegrarmos no Senhor (Fp4:4) . O motivo da nossa alegria ou a base da nossa alegria tem sido Deus ou outras coisas? E também motivo de ficarmos muitas vezes abatidos, tristes, tem sido o nosso pecado gerando um afastamento de Deus ou a falta de outras coisas ?
Corremos o risco de valorizar ou colocar em primeiro lugar o que temos ou o que não temos, ao invés de focarmos a nossa visão e nossos corações em Deus e descobrirmos quem somos nEle e pra Ele desfrutando do Seu amor e revelando esse amor para outros e Deus irá permanecer em nós e Seu amor em nós se aperfeiçoará.

Amando uns os outros

I João 4.8  “Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor”. e no versículo 12 diz que se amarmos uns aos outros, Deus permanece em nós, e o Seu amor é em nós aperfeiçoado.
I Coríntios 13.4 diz o que o amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá; Deus não ficou somente em uma declaração que Ele amou o mundo de tal maneira que amou, amou, amou e amou…. Ele colocou em prática exercendo o amor dando Seu filho.
Quando declaramos que amamos alguém devemos também praticar, exercer esse amor não parando nas palavras, mas sendo aperfeiçoado nas atitudes “pois se amarmos( declarando e praticando) uns aos outros, Deus permanece em nós, e o Seu amor é em nós aperfeiçoado”. Seria como a fé que sem obras é morta.
Quando declaramos “eu te amo” entendo que pra essa pessoa estamos afirmando que seremos paciente, benigno, tudo suportaremos… ou seja, iremos revelar os atributos do amor ou ao menos a cada dia construir esse amor, pois as vezes nessa ‘construção’ nos falta o ‘tijolo’ chamado paciência ( para alguns derrepente a paciência não é um tijolo e sim a metade da parede ahaha ) ou um outro atributo, e Deus irá aperfeiçoando essa construção, o Seu amor em nós e através de nós e a base a essência dos nossos relacionamentos será o amor que vem de Deus!

Mamon é amor?

Muitas vezes eu afirmei e ouví também algo assim: “ Em casa estamos todos sem paciência, com os nervos a flor da pele, não estou suportando mais isso ou aquilo e também não sei se creio mais nisso ou naquilo e etc.. Mas também, estamos sem dinheiro e POR ISSO está acontecendo isso tudo!”  Então afirmamos então que sem dinheiro ficamos desse jeito, com atitudes contrárias ao amor e no fundo afirmando que COM DINHEIRO isso tudo passa e melhora e teremos então atitudes “de amor” sendo pacientes, amorosos suportando tudo… mas inconscientemente será então que estamos baseando nossa vida no dinheiro sendo então o motivo da nossa alegria  tê-lo e o motivo das nossas crises e tristezas não tê-lo ? mas então no fundo será então que, não mais Deus, mas mamon é amor?
Um dia conversando com um amigo fiquei sabendo da história de um casal que quando esses casal eram namorados eles saíram um dia pra lanchar e o rapaz só tinha dinheiro pra comprar um lanche e ela acabou repartindo com ele . Hoje eles estão casados e muito bem financeiramente mas vai mal com relação ao amor e com isso a esposa disse pra ele o seguinte: ” Tenho saudades daquele tempo onde não tínhamos dinheiro porque valia a pena pois tinha amor” . Realmente não é o dinheiro que faz valer a pena ou a falta dele que faz não valer a pena, mas é o amor em nós e através de nós com seus atributos que faz valer a pena.
Um dia meu sogro disse pra mim que eu e Dany poderíamos ter somente arroz e feijão em casa pra comer mas se tivéssemos amor viveríamos muito bem, que nós tínhamos que ter amor .  Provérbios 17.1 diz que  “Melhor é um bocado seco, e tranquilidade, do que a casa farta de carnes e contendas”.
Que no lugar da palavra amor de I Cor.13.4,5,6 e 7 possa se encontrar nossos nomes e venhamos ser conhecidos como homens e mulheres de Deus em primeiro lugar em nossas casas e possamos ouvir de nossas esposas/os, amigos/as que somos homens/mulheres de Deus e que VALE A PENA estar caminhando juntos pois a base das nossas vidas é Deus e o nosso
Deus é amor!
Deus abençoe galera!

1 comentários:

Casal 20 disse...

Uau! Que lembrança boa de provérbios 17.1! Ótimo texto, até porque é uma tentação diária a de se perder o foco em Deus.

Parabéns pela postagem.

Fábio.

Real Time Web Analytics
Template personalizado por Elaine Gaspareto

TOPO ▲