29/08/2011

Jabuticabas

Um senhor de idade avançada estava cuidando da planta com todo o carinho, quando um jovem aproximou-se dele e perguntou:
- Que planta é esta que o senhor está cuidando?
- É uma jabuticabeira - respondeu o senhor.
- E ela demora quanto tempo para dar frutos?
- Pelo menos uns quinze anos - informou o senhor.
- E o senhor espera viver tanto tempo assim? Indagou irônico o rapaz.
- Não, não creio que viva mais tanto tempo, pois já estou no fim da minha jornada - disse o ancião.
- Então, que vantagem você leva com isso, meu velho?
- Nenhuma, exceto a vantagem de saber que ninguém colheria jabuticabas, se todos pensassem como você...
Autor desconhecido.


Infelizmente essa mentalidade imediatista tomou conta de nossa sociedade, todos querem “pra já”. O conceito de que bênçãos são como pastéis vendidos na feira se tornaram comuns em nossas Igrejas. Acontece assim em nosso relacionamento com Deus, agimos como se ele fosse uma espécie de “gênio da lâmpada” e sua obrigação é a de satisfazer nossas necessidades e desejos.
Deus é um Pai amoroso e tem prazer em nos ajudar, em atender as nossas orações, ele quer ser íntimo de seus filhos e ver que somos pessoas felizes e completas.
Em sua palavra ele afirma: ”E eu vos digo a vós: Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á; Porque qualquer que pede recebe; e quem busca acha; e a quem bate abrir-se-lhe-á.” Lucas 11:9, 10
No entanto, assim como a jabuticabeira, algumas coisas precisam acontecer no tempo certo, determinadas coisas demoram mais tempo que outras e muito daquilo que julgamos hoje ser uma necessidade pode servir para nos afastar de Deus.
Quando criança ouvi de uma professora na escola dominical uma frase: _Deus sempre responde nossas orações, só que nem sempre na nossa hora ou do nosso jeito. Algumas vezes ele diz não, em outras sim e em outras ocasiões: Espere.
Submeta-se a vontade de Deus, ele sempre sabe a hora certa para que determinadas coisas aconteçam em sua vida.
Pr Anselmo Melo
Author Image

Anselmo Melo
Anselmo Melo, Carioca, casado e pai de três filhos (herança do Senhor). Pastor Evangélico e empresário. Moro atualmente no Estado de São Paulo onde pastoreio a Igreja de Nova Vida em Limeira. Sou fundador e presidente da Associação Projeto Resgate Vida.

2 comentários:

  1. Paz! Pastor Anselmo.

    Caro pastor visito o seu blog, com algumas coisas concordo outras não ( E daí né? Grandes coisas, rs,rs), mas o respeito; não como pastor - mas antes de tudo porque é uma pessoa viva, como eu que teve sua vida dada por Deus e agraciado foi com um ministério concedido por Ele e ai sim o respeito como pastor.

    Bem este blá, blá acima é só para lhe dizer que gostei muito destes novos textos que nos trazem mensagens diárias.

    Seus textos trazem a tona sua veia literaria, que com certeza acalma, alegra, e revela a face do Pai com delicadeza, sutileza causando alívio, rs,rs.

    Parabéns pastor. Vou compartilhar parte de novo deste texto no meu face,rs,rs

    ResponderExcluir
  2. Obrigado minha irmã por seu apoio e carinho.Fico feliz em saber que,mesmo não concordando com tudo,o que é natural, ainda assim a irmã tem me prestigiado e consequentemente sido de alguma forma abençoada.
    Seja bem vinda,SEMPRE!!!
    tenha uma ótima semana.Paz!

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante,
Você pode elogiar ou criticar, observe apenas:

1-Não publicamos criticas de ANÔNIMOS e nem comentários que não estejam relacionados com o assunto.

2-Baixarias e palavrões também não.

3-Nem todas as publicações são de minha autoria e o fato de estarem aqui não implica necessariamente em que eu concorde com todo o teor do post.

4- Quer ser respeitado? Mostre respeito!

Autor


Anselmo Melo, Carioca, casado e pai de três filhos (herança do Senhor). Pastor Evangélico e empresário. Presidente do COPEL, Conselho de Pastores Evangélicos de Limeira. Moro atualmente no Estado de São Paulo onde pastoreio a Igreja de Nova Vida em Limeira. Fundador e Presidente da Associação Projeto Resgate Vida.
Saiba mais →

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *