24/07/2011

"Ela parecia fora de controle", diz mãe de Amy Winehouse

Janis Winehouse, mãe de Amy Winehouse, estava com a filha no dia anterior à sua morte e disse que a cantora parecia estar "fora de controle".
"Ela parecia fora de controle. Sua morte foi tão prematura que ainda não consegui digeri-la", ela disse ao jornal britânico "Sunday Mirror". "Ainda bem que consegui vê-la naquele momento."
O taxista e cantor Mitch Winehouse, pai de Amy, estava em Nova York, onde iria fazer uma apresentação, quando soube da morte: "Não é real. Estou completamente devastado".

Neste domingo, a família de Amy Winehouse emitiu um comunicado em que afirmam estar "desolados" com a morte da cantora.
"Nossa família está desolada com a perda de Amy, uma filha, irmã e sobrinha maravilhosa. Ela deixa um buraco em nossas vidas. Estamos reunidos para lembrar dela e nós gostaríamos de privacidade neste momento terrível", diz o comunicado.
VIAquiIg
Author Image

Anselmo Melo
Anselmo Melo, Carioca, casado e pai de três filhos (herança do Senhor). Pastor Evangélico e empresário. Moro atualmente no Estado de São Paulo onde pastoreio a Igreja de Nova Vida em Limeira. Sou fundador e presidente da Associação Projeto Resgate Vida.

3 comentários:

  1. Winehouse foi uma vítima de si mesma e do mundinho no qual escolheu viver. O que poderíamos esperar de alguém que mantinha um estilo de vida tão autodestrutivo com o dela? Sua morte era mesmo uma questão de tempo. Como viveu,assim se foi. Sem nenhuma perspectiva. Triste fim de uma alma atormentada e sem Deus!

    ResponderExcluir
  2. Irmão Geovani.
    É a infalível lei da semeadura em ação.Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito, do Espírito ceifará a vida eterna. Gálatas 6:8
    Paz!

    ResponderExcluir
  3. E pensar que são milhares de vidas ceifadas todos os dias por causa desse vicio maldito. É muito triste.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante,
Você pode elogiar ou criticar, observe apenas:

1-Não publicamos criticas de ANÔNIMOS e nem comentários que não estejam relacionados com o assunto.

2-Baixarias e palavrões também não.

3-Nem todas as publicações são de minha autoria e o fato de estarem aqui não implica necessariamente em que eu concorde com todo o teor do post.

4- Quer ser respeitado? Mostre respeito!