A mais longa lista de pecados da Bíblia está relacionada a homossexualidade


Quando o homem desprezou o conhecimento de Deus e perverteu o culto divino, perdeu a sua identidade. O homossexualismo é uma negação total do mundo real. Refuta qualquer possibilidade de continuidade e ameaça a identidade da pessoa como fruto do relacionamento de um pai e uma mãe. Não podemos concordar com a bandeira levantada pela homofobia, quando os ativistas desse movimento afirmam que o homossexualismo é uma opção normal e que o casamento de pessoas do mesmo sexo é uma união de amor que deve ser chancelada pela lei de Deus e dos homens. Ao descrever o homossexualismo, Paulo aponta sete características desse pecado abominável: 1) imundícia (Rm 1.24); 2) desonra para o corpo (1.24); 3) paixão infame (1.26); 4) antinaturalidade (1.26); 5) contrariedade à natureza (1.26); 6) torpeza (1.28); 7) erro (1.28).

O apóstolo Paulo amplia a questão quando faz um diagnóstico sombrio da realidade que nos cerca. A decadência moral atinge todos os relacionamentos: com Deus, consigo próprio, com o próximo e com a família. Esta é a mais longa lista de pecados encontrada nas epístolas paulinas. Paulo faz uma lista de 21 pecados, que mostraremos agora:
  1. Cheios de injustiça – A palavra grega adikia significa roubar tanto aos homens como a Deus de seus direitos.
  2. Cheios de malícia – A palavra grega poneria se refere a uma maldade sedutora, maligna. Trata da pessoa que não apenas é má, mas procura arrastar os outros para sua maldade.
  3. Cheios de avareza – A palavra grega pleonexia é o desejo desenfreado que não conhece limites nem leis, o desejo insaciável de ter o que não lhe pertence por direito. É amor insaciável às possessões e aos prazeres ilícitos.
  4. Cheios de maldade – A palavra grega kakia descreve o homem desprovido de todo o bem. Trata-se da pessoa que tem inclinação para o pior. É o vício essencial que inclui todos os outros e do qual todos os outros procedem.
  5. Possuídos de inveja – A palavra grega fthonos descreve o terrível sentimento de sentir-se desconfortável com o sucesso dos outros, não só desejando o que lhe pertence, mas também alegrando-se com suas tragédias.
  6. Possuídos de homicídio – A palavra grega fonos se refere a desejo, intenção ou atitude de ferir o outro para tirar-lhe a vida. O assassino é também aquele que odeia a seu irmão (1Jo 3.15). O homem pode ver a ação, mas Deus conhece a intenção.
  7. Possuídos de contenda – A palavra grega eris diz respeito ao sentimento e à atitude daquele pessoa que é dominada pela inveja e por isso se torna facciosa e briguenta.
  8. Possuídos de dolo – A palavra grega dolos retrata a pessoa que não age da maneira reta, usando sempre métodos tortuosos e clandestinos para alguma vantagem. A palavra vem do verbo doloun usado para referir-se à falsificação de metais preciosos e a adulteração de vinhos.
  9. Possuídos de malignidade – A palavra grega kakoetheia descreve a pessoa que sempre supõe o pior acerca dos outros. É a pessoa que sempre vê as coisas pelo lado mais sombrio.
  10. Difamadores – A palavra grega psithyristes representa a pessoa que murmura suas histórias maliciosas de ouvido a ouvido.
  11. Caluniadores – A palavra grega katalalos refere-se a pessoa que proclama publicamente suas infâmias.
  12. Aborrecidos de Deus – A palavra grega theostygeis retrata o homem que odeia a Deus, porque sabe que Deus é estorvo em seu caminho de licenciosidade. De bom grado eliminaria Deus se pudesse, pois para ele o mundo sem Deus lhe abriria o caminho para o pecado.
  13. Insolentes – A palavra grega hybristes retrata a pessoa altiva, soberba, sadicamente cruel, que encontra prazer em prejudicar o próximo.
  14. Soberbos – A palavra grega hyperefanos descreve a pessoa que está cheia de si mesma como um balão cheio de vento. Este é o ponto culminante de todos os pecados. Trata-se de quem despreza todos, exceto a si mesmo, e tem prazer em rebaixar e humilhar os outros.
  15. Presunçosos – A palavra grega alazon descreve a pessoa que pensa de si mesma além do que convém e exalta a si mesma acima da medida. Diz respeito a quem pretende ter o que não tem, saber o que não sabe e jacta-se de grandes negócios que só existem em sua imaginação.
  16. Inventores de males – As palavras gregas efeuretes kakon retratam aquelas pessoas que buscam novas formas de pecar, novos recônditos nos vícios, porque estão enfastiadas e sempre à procura de novas emoções em alguma fora diferente de transgressão.
  17. Desobedientes aos pais – As palavras gregas goneusin apeitheis se referem àquela atitude dos filhos de sacudir o jugo da obediência aos pais. Trata-se de filhos rebeldes e irreverentes.
  18. Insensatos – A palavra grega asynetos descreve o homem que é incapaz de aprender as lições da experiência. Trata-se da pessoa culpada de grande sandice, que se recusa a usar a mente e o cérebro que Deus lhe deu.
  19. Pérfidos – A palavra grega asynthetos descreve a pessoa que não é confiável. É aquele desonesto em quem não se pode confiar.
  20. Sem afeição natural – A palavra grega astorgos significa sem amor à família. Trata do desamor dos pais aos filhos e dos filhos aos pais. É a falta de afeto entre os irmãos de sangue. A prática abusiva de abortos e os crimes familiares apontam para a gravidade desse pecado em nossos dias.
  21. Sem misericórdia – A palavra grega aneleemon retrata a pessoa implacável, sem piedade, que fere e mata o outro sem compaixão.
Conclusão
Depois de descrever com cores fortes e vividas o estado de decadência da sociedade, Paulo faz duas afirmações ainda mais chocantes:
1)     Os homens pecam conscientemente. “Ora conhecendo eles a sentença de Deus, de que são passíveis de morte os que tais coisas praticam não somente as fazer…” (Rm 1.32ª).  As pessoas agem sabendo que estão agindo errado. Elas sufocam a verdade, abafam a voz da consciência, mas no íntimo sabem que aquilo que praticam é um ato de rebeldia contra Deus e passível de punição.
2)     Os homens aplaudem os que praticam as mesmas coisas. “…mas também aprovam os que assim procedem” (Rm 1.32b). Amados vejam a atualidade das Escrituras. Não foi exatamente isto que o STF fez esta semana? A sociedade se mostra orgulhosa e até entusiasmada pelo pecado. O nível mais baixo da degradação moral de uma sociedade é quando ela não apenas pratica o mal, mas também o incentiva e aplaude. Esse é o clímax da perversidade. É isso que vemos todos os dias na televisão, nos outros meios de comunicação e o pior de tudo, no “guardião” da Constituição Federal – o STF.
O Eterno tenha misericórdia de nós,
Pr Marcelo Oliveira
Bibliografia:  Wiersbe, Warren. Comentário Expositivo. Geográfica Editora
Rienecker, Fritz; Rogers, Cleon. Chave lingüística do NT
Lopes, Hernandes Dias. Romanos. Ed. Hagnos
Barclay, William. Romanos, p. 45-51

9 comentários:

  1. pastor anselmo melo, casal 20,rô,até pra falar dos (pecados dos gays)são usadas palavras derivadas dos gays gregos!!!!!ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,não tinha palavras derivadas de um povo hétero,vejamos,á o zé povinho chamado judeus!!!ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,ha,me desculpem, mas quando li tantas palavras gregas(ou gays), não consegui conter as gagalhadas!me despulpem gente mas até para erguer suas igrejas,é usado o teorema de pitágoras,não o de paulo,que tinha um espinho na carne.que espinho era esse?machos evangélicos,voces sabiam quem criou o primeiro modelo de paletó e gravata?um estilista(costureiro)gay desempregado de paris no começo do século 20.e voces vão aos templos evangélicos com uma criação pecaminosa!me desculpa pastor anselmo.mas aquilo que o sr. escreveu no blog da rô, que estava estrebuchando!se aplica mais a voces, diante do supremo tribunal federal,que talvez são todos como eu,não dão bola mais,para a bíblia.

    ResponderExcluir
  2. ser Deus nao achaser percado em dois homems e entre duas mulheres nao tinha acabado com sodorra

    ResponderExcluir
  3. ser homossexual não é escolha , vocês acham que alguém é tão masoquista, á ponto de ser inferiorizado diante de outras pessoas , a ponto de ser descriminado , apenas por que quer?

    E como não escolheram isso , eles vão ser jogados no fogo do inferno , por um sentimento que eles não tiveram culpa de ter? Será que isso é justo?

    Do mesmo jeito que vocês são héteros e não escolheram sentir atração por mulheres, eles são homossexuais e não escolheram sentir atração por homens.

    Devemos respeitar as pessoas do jeito que ela é , porque só Deus é capaz de julga-los ...


    Vocês não são superiores a ninguém para ficarem apontado erros e dizendo que os gays vão parar no Inferno. Só Deus pra decidir isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paula, o que ele decidiu foi revelado em sua palavra,a Bíblia.E o fato de ser ou não uma escolha sua opinião diverge da opinião de muitos.Quem esta com a razão? Você?E ainda que admitisse sua razão ainda ficaria uma pergunta no ar.Sou forçado a fazer tudo o que tenho desejo de fazer?

      Excluir
  4. Sr. Anselmo é uma vergonha que pessoas como vc crie textos come este, vivemos em pleno século XXI.
    Nem você e nem ninguém pode afirmar a opinião de Deus. Somos todos iguais perante aos olhos divinos, e a única dieferença que se tem são pessoas como você.
    Nâo sou homossexual mas tenho plena consiência de diversidade e igualdade, e eu que tenho apenas 15 anos tenho uma mente mais inteligente e avançada do que a sua.
    Então jamas use palavras alheias ou divinas para justificar o injustificável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu poderia até perder meu tempo com você,mas não vou faze-lo.Por dois motivos:O primeiro por sua falta de argumentos, vir aqui e discordar sem apresentar nenhum corrobora com o segundo motivo.
      Você é um fedelho que provavelmente ainda não aprendeu nem a trocar as cuecas,e se acha com a mente "aberta e avançada.
      Vai ver se eu to na esquina seu fedelho de cueca borrada.

      Excluir
  5. Pr Anselmo achei muito bem elaborado e bom parabens.

    ResponderExcluir
  6. eu axei errado a maneira k o sr respondeu akele jovem dos 15 anx. Certament ele xta errado, isto ai eu tbm concordo cntgo. Mais ser sereno vale mto, pois estas lidando cm um assunto super delicado. K ninguem ker ouvir

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante,
Você pode elogiar ou criticar, observe apenas:
1-Não publicamos criticas de anônimos nem comentários que não estejam relacionados com o assunto.
2-Baixarias e palavrões também não.
3-Nem todas as publicações são de minha autoria e o fato de estarem aqui não implica necessariamente em que eu concorde com todo o teor do post.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Real Time Web Analytics
Template personalizado por Elaine Gaspareto

TOPO ▲