28/06/2011

Do falso moralismo livrai-nos hoje

Ontem conversava com um amigo corretor de seguros, ele reclamava da dificuldade em renovar apólices dado ao preço absurdo das mesmas.

 Ponderava-mos  sobre o óbvio; as seguradoras são as maiores responsáveis pela circulação de carros conhecidos popularmente como “trepados”.
 Explicando: A seguradora paga um carro que bateu e teve PT (perda total), você fica feliz com o que recebeu e vai atrás de comprar seu novo veículo. O que é feito com o que sobrou do carro antigo? È vendido pela seguradora para estabelecimentos conhecidos como “ferro velho”.
O chassi do seu carro antigo é legal, sai de lá documentado, alguém então “encomenda um carro com as mesmas características do seu antigo carro, se desfaz do chassi e “monta” o carro roubado em cima do chassi de seu antigo carro.

Essa é apenas uma das facetas do negócio, talvez a mais lucrativa, que faz aumentar o número de roubo de carros e que torna a apólice cada vez mais cara.
Existem outras coisas que muitos fazem, compram peças sem nota, sucumbe à tentação quando o mecânico lhe informa que existe a possibilidade de comprar aquela peça cara pela metade do preço em um desmanche. O ciclo vicioso segue alimentando roubos e outros crimes ligados aos mesmos.

Queremos um Brasil melhor, sem corrupção, que os culpados por algum crime paguem pelo que fizerem, mas, fechamos muitas vezes os olhos quando a situação nos é conveniente.
Quem de nós nunca comprou aquele produto baratinho que entra via contrabando pelo Paraguai? Quem nunca comprou que atire a primeira pedra.
Qual o pai que não sucumbe à tentação de comprar aquele joguinho pirata para o x-box ou o Playstation do filho? Afinal, alegamos, o original é muito caro, sai normalmente por 15 vezes o valor do “piratinha”.

Pasmem, existem irmãos que compram até CDs evangélicos piratas, fomentando a contravenção e o crime.
Em meio a esses questionamentos me ocorreu uma pergunta, onde estaria eu se não fosse a graça de Deus?
Sim, exatamente por sabermos que ela se renova todas as manhãs me coloco na posição de  relativizar questões éticas que deveriam me incomodar.
Depois de breve reflexão sobre o texto é necessário que acrescentemos em nossa já tão longa lista de afazeres essa humilde oração:
DO FALSO MORALISMO LIVRAI-NOS HOJE SENHOR, AMÉM!
Pr Anselmo Melo
Author Image

Anselmo Melo
Anselmo Melo, Carioca, casado e pai de três filhos (herança do Senhor). Pastor Evangélico e empresário. Moro atualmente no Estado de São Paulo onde pastoreio a Igreja de Nova Vida em Limeira. Sou fundador e presidente da Associação Projeto Resgate Vida.

18 comentários:

  1. Nos livra Senhor do falso moralismo.
    Mas, eu odeio quando vejo peças de carros serem vendidas sem nota fiscais, eu não concordo e nem compro Anselmo. Eu acho um horror comprar produtos que sabemos que foi roubado, pois ali esta o suor de muita gente ainda pagando o carro e muita gente vai lá e compra. Eu procuro evitar essas coisas. Uma vez vi um camelô vendendo meu cd como pirata . Eu fui atrás dele e disse: o senhor sabe quem é esta pessoa aí que esta cantando?? Disse-me ele. Sei não. Alguém me mostrou ouvi e gostei muito e fiz umas cópias no meu pc em casa e resolvi ganhar um troquinho aqui na feira, eu disse: sou eu, sabe o que ele me disse?? Ah é a senhora então que Deus continue te usando irmã, pois tem uma voz linda, rsss.
    Mas que sem vergonha o individuo. Fiquei com tanta raiva e meu marido disse: se estão pirateando você filha... imaginem os cantores famosos rsss. Rimos e fomos embora. Nunca mais gravei mais nenhum CD. É caro demais, temos muito gastos para fazer algo legal e bonito, são horas de treinos cantando é cansativo e dispendioso, TEMOS QUE ESCOLHER AS MUSICAS do repertório, aí colocar arranjos, masterizar, pagar arte da capa é muita coisa, por isso sou contra estes que adoram piratear e os que compram também. E não me tome como falsa moralista, é que senti na pele, senti-me sendo lesada, isso é lamentável. Paz querido.

    ResponderExcluir
  2. Minha amiga.Os convites são muitos e cada vez mais tentadores.Se não tivermos posições bem firmes sobre temas como os levantados aqui acabamos por sucumbir a estes apelos.Que Deus nos auxilie e ajude a mantermos firmes em um mundo tão cheio de injustiças.E,DO FALSO MORALISMO LIVRAI-NOS HOJE SENHOR, AMÉM!
    Paz!

    ResponderExcluir
  3. Rô, você é cantora? Manda um CD pra "nóis", minha esposa ama louvar...

    Falando sério agora, graças a Deus pela sua misericórdia...

    Abraços, fica na paz.

    ResponderExcluir
  4. Pr Anselmo esse assunto foi tema do último seminário que apresentei na faculdade sobre ética.

    Queremos cobrar moralidade dos nossos dirigentes públicos, mas nos esquecemos que ética e moral começa dentro de casa com nossos filhos e aqueles que convivem conosco.

    Se quisermos um país melhor temos que começar dando exemplo aos nossos e investindo em educação, crendo e falando também no Deus que transforma, é claro.

    Corrupção é corrupção em qualquer nível, desde as pequenas coisas, afinal, quem é mais corrupto? Aquele que se corrompe por 1 mlhão, ou aquele que se corrompe por 1 real?

    Só pra ilustrar. Um dos alunos da minha sala, envolvido com política, quis dar lição de moral metendo a boca em alguns governantes corruptos, fazendo abaixo asinado contra alguns vereadores que deram um rombo aqui na cidade, mas esse mesmo aluno tentou por diversas vezes oferecer um valor de aluguel mais alto do que pagamos pro proprietário do prédio que usamos para trabalhar com crianças, a fim de que o proprietário nos despejasse e alugasse para ele (ele é microempresário).

    O problema é que ele não sabia na época que o responsável pela igreja era eu, quando eu levantei a questão no seminário pensa onde ele enfiou a cara!

    É claro que eu não o ofendi pessoalmente, de maneira nenhuma, só levantei a questão sem citar nomes, mas ele entendeu que era com ele e ficou sabendo que eu estava por dentro da maracutaia dele, hoje é meu amigo, graças a Deus.

    Abração em Cristo...

    ResponderExcluir
  5. Mais que fazer se dentro das Igrejas e´que dá o exemplo?quero ser diferente e sofro retalhaçoes.ora que se dane els vou ser diferente,estou cheia desse falso moralismo vou fazer a minha parte ,pois Deus é que vou prestar contas.

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem? Que site bacana! Super interessante. Gostamos bastante daqui! Parabéns! Quando puder retribui?
    http://allstargt.blogspot.com

    Abraço!

    ResponderExcluir
  7. O falso moralismo é uma eca!
    A falta de moral é uma eca!
    O legalismo é uma eca!

    Mas graças a Deus pela Graça, que me perdoa todos os dias.
    Mas graças a Deus pelo Espírito, que me faz reconhecer meus erros, me leva ao arrependimento, à confissão, e me ensina a tentar ser hoje melhor que ontem.

    Um abraço,
    Cesar

    ResponderExcluir
  8. Rô,
    Já que vão piratear mesmo, põe no youtube pra gente ouvir.
    hehehe
    Cesar

    ResponderExcluir
  9. Anderson não tenho mais nenhum dos meus cds vendi todos graças a Deus, mas assim que fizer um solo te aviso. Tenho muitas musicas aqui guardada para fazer outro cd. Mas vou pensar bem antes de colocar minha grana novamente. rss Bjss

    ResponderExcluir
  10. Caramba, postei sem ponto e virgula aí acima rss. Excuse-me. Paz.

    ResponderExcluir
  11. Anderson, tem um vídeo lá no meu blog, se quiser da uma espiadinha.

    ResponderExcluir
  12. O legalismo da libertinagem é uma eca. rsss

    139 hehehe

    ResponderExcluir
  13. Paz irmã Rô, vou ver o vídeo lá, já,já tô chegando...

    ResponderExcluir
  14. Ainda que "legalismo da libertinagem" seja uma eca, o "legalismo simples" não deixa de ser uma eca também!
    hehehe

    ResponderExcluir
  15. A libertinagem é uma eca. 141
    Nada mais eca que o legalismo da libertinagem. rsss
    Aí Anselmo, meus números estão subindo. E assim eu vou rumo ao meu prêmio. Paz

    ResponderExcluir
  16. Eca é tudo eca. Não tem eca grande e eca pequenina. Eca é eca!
    Cesar

    ResponderExcluir
  17. Cesar e Rô.A premiação é por comentários e não pelo numero de "ecas".rsrsrsrsr

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante,
Você pode elogiar ou criticar, observe apenas:

1-Não publicamos criticas de ANÔNIMOS e nem comentários que não estejam relacionados com o assunto.

2-Baixarias e palavrões também não.

3-Nem todas as publicações são de minha autoria e o fato de estarem aqui não implica necessariamente em que eu concorde com todo o teor do post.

4- Quer ser respeitado? Mostre respeito!

Autor


Anselmo Melo, Carioca, casado e pai de três filhos (herança do Senhor). Pastor Evangélico e empresário. Presidente do COPEL, Conselho de Pastores Evangélicos de Limeira. Moro atualmente no Estado de São Paulo onde pastoreio a Igreja de Nova Vida em Limeira. Fundador e Presidente da Associação Projeto Resgate Vida.
Saiba mais →

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *