Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vídeo Encontrando Bianca - cadeia neles!

O que falar de um governo que tripudia sobre sua própria constituição? Que financia com dinheiro dos impostos (altos) que pagamos a imoralidade à pretexto de defender o direito de uma suposta minoria? O que faz o Kit gay a não ser promover a imoralidade e inculcar na mente de nossas crianças comportamentos obscenos e imorais apelidados agora de “diversidade”.

O “Plano nacional de promoção da cidadania e direitos humanos de lgbt (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais)” quer mesmo criar uma casta com privilégios. Cotas para professores gays, bolsa de estudo para aluno homossexual, estágio remunerado para homossexual. Ser homossexual vai se transformar em um “excelente negócio”. Em breve vamos ver o “bolsa família gay”!
Veja o que diz e o ar de deboche desse inescrupuloso sr. que aparece no vídeo. “A gente ficou com o beijo lésbico na boca, agente ficou três meses discutindo até onde entrava a língua.”
Queremos que com base na lei citada abaixo os organizadores desse kit e seus promotores sejam presos e condenados. Que esse depravado que ficou três meses se deliciando com esse “beijo gay” entre menores seja preso por pedofilia! Que o dinheiro usado para a produção dessa aberração seja devolvido aos cofres públicos. Esse é mesmo um governo imoral, sem escrúpulos, que usa o dinheiro do contribuinte para promover parada gay, kit gay, sob o falso argumento de combater a homofobia.
Gostaria de ver algum Promotor Público oferecer denuncia contra essa gente. Os motivos estão aí e a lei também.
  

Lei nº 11.829, de 25 de novembro de 2008
Altera a Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990 - Estatuto da Criança e do Adolescente, para aprimorar o combate à produção, venda e distribuição de pornografia infantil, bem como criminalizar a aquisição e a posse de tal material e outras condutas relacionadas à pedofilia na internet.
O Presidente da República Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º Os arts. 240 e 241 da Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990, passam a vigorar com a seguinte redação:
Art. 240. Produzir, reproduzir, dirigir, fotografar, filmar ou registrar, por qualquer meio, cena de sexo explícito ou pornográfica, envolvendo criança ou adolescente:
Pena - reclusão, de 4 (quatro) a 8 (oito) anos, e multa.
§ 1º Incorre nas mesmas penas quem agencia, facilita, recruta, coage, ou de qualquer modo intermedeia a participação de criança ou adolescente nas cenas referidas no caput deste artigo, ou ainda quem com esses contracena.
§ 2º Aumenta-se a pena de 1/3 (um terço) se o agente comete o crime:
I - no exercício de cargo ou função pública ou a pretexto de exercê-la;

0 comentários:

Real Time Web Analytics
Template personalizado por Elaine Gaspareto

TOPO ▲