08/04/2011

Marta Suplicy altera projeto e "permite" pregação contra gays

A rainha dos homossexuais e madrinha da imunda parada gay aos poucos vai "jogando a toalha".No fundo ela sabe que mesmo com todo o lobby petista a favor da aprovação do PL122 ele nunca vai ser aprovado no congresso do jeito que esta. E pior ainda seria sua aprovação; certamente causaria grande confusão, o "tiro" correria o sério risco de sair pela culatra, colocando definitivamente os homossexuais a margem do restante da sociedade.
Pr Anselmo Melo


A Senadora Marta Suplicy anunciou que fez uma mudança no texto da PLC 122, antiga PL122 também conhecida como Lei Anti-Homofobia. A divulgação foi feita durante o programa Cidadania da TV Senado no dia 28 de Março, onde fez um discurso pró-gay.

A alteração foi a inserção de um parágrafo que protege templos religiosos. Segundo o novo texto, agora o projeto deixa claro que a lei não se aplicará a templos religiosos, pregações ou quaisquer outros itens ligados a fé, desde que não incitem a violência: “Eu tenho também que proteger essa liberdade deles de poderem falar dentro de um templo”, afirma a Senadora. O novo texto agora inclui o parágrafo: “O disposto no caput deste artigo não se aplica à manifestação pacífica de pensamento fundada na liberdade de consciência e de crença de que trata o inciso 6° do artigo 5° (da Constituição)”.

Porém, o novo texto, segundo a própria Senadora, exclui a mídia eletrônica dessa “liberdade de consciência”: “tomei o cuidado de que em mídia eletrônica não pode fazer isso. Mas, dentro de um templo, se não incitar a violência, for alguma pregação religiosa, de culto, de dogma, de fé…”, afirmou. Nesses termos, com o texto aprovado, portais gospel, sites de igrejas, pregações de pastores postadas em blogs ou páginas na internet que discordarem da prática homossexual podem ser criminalizados pela lei como homofóbicos e seus respectivos autores presos por até 3 anos, além de obrigados a pagar multa.

Segundo Marta Suplicy a alteração seria benéfica e poderia retirar os argumentos contra a lei para assim conseguir votos para aprova-la.

Fonte: Portal DT
Author Image

Anselmo Melo
Anselmo Melo, Carioca, casado e pai de três filhos (herança do Senhor). Pastor Evangélico e empresário. Moro atualmente no Estado de São Paulo onde pastoreio a Igreja de Nova Vida em Limeira. Sou fundador e presidente da Associação Projeto Resgate Vida.

5 comentários:

  1. Não passa de uma grande(ou pequena)armadilha!

    ResponderExcluir
  2. Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. (Tg 4.7).
    Abraços amigo...

    ResponderExcluir
  3. é pura armadilha dessa petista, marta suplicy , a biblia diz resistir o diabo e ele fugirá de vós

    ResponderExcluir
  4. Atenção bancada evangélica e católicos. NÃO APROVEM ESSA DROGA DE LEI, pois logo logo esses caras com financiamento do governo do PT e dinheiro internacional oriundos de ativistas gays dos EUA e da Europa vão vir com tudo pra cima da igreja aqui no Brasil. Prestem bastante atenção, nesses caras, o que eles querem é tumultuar, causar transtorno na sociedade e na família, esses caras não tem limites.

    ResponderExcluir
  5. Quanto arrependimento eu tenho, de ter VOTADO nessa mulher para prefeita de são Paulo; na minha opinião já passou da hora de nós evangélicos termos nossos próprios candidatos, para todos os pleitos, inclusive presidente.
    Shalom

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante,
Você pode elogiar ou criticar, observe apenas:

1-Não publicamos criticas de ANÔNIMOS e nem comentários que não estejam relacionados com o assunto.

2-Baixarias e palavrões também não.

3-Nem todas as publicações são de minha autoria e o fato de estarem aqui não implica necessariamente em que eu concorde com todo o teor do post.

4- Quer ser respeitado? Mostre respeito!