Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O real significado da estátua da liberdade

Mark Dice Infowars.com
Então, eu apareci em um programa do History Channel. Sinto-me honrado, mas eu ainda preciso mostrar como eles estavam errados e como os três investigadores mal arranharam a superfície do simbolismo da Estátua da Liberdade, e ainda menos sobre os Illuminati.
Alguns podem achar que ela foi dada aos Estados Unidos pelos franceses, mas poucos sabem que ela na realidade orquestrada pela maçonaria, a sociedade secreta, e não pelo governo da França.A propaganda para o programa perguntava: "Será que a Estátua da Liberdade contem uma mensagem secreta? Existem símbolos secretos inserido nela? Seria ela um símbolo secreto gigante ? Será que ela realmente representa Lúcifer? A resposta a estas perguntas é sim." 

Antes do episódio do programa "Decodificando por Brad Meltzer: Estátua da Liberdade", exibido pela primeira vez no History Channel dia 16 de dezembro de 2010, se você perguntasse à maioria dos americanos o que a Estátua da Liberdade representa, eles responderiam "América", "liberdade " ou "democracia".


É interessante como os Estados Unidos aceitaram 
um "presente" de uma sociedade secreta, e em seguida colocaram em um porto em Nova York, você não acha? Eu poderia doar um monumento e ter uma cidade importante colocá-lo em um lugar onde todos possam vê-lo? Espero que sim, porque eu tenho algumas idéias em mente. 
Frederic Bartholdi, o criador da Estátua da Liberdade, foi um maçom (não surpreendentemente), e muito familiarizado com o ocultismo e também com o simbolismo e filosofias dos Illuminati. As três figuras principais envolvidos com a estátua, Frederic Bartholdi, que projetou a estátua em si, Gustave Eiffel, que projetou a estrutura de suporte interno, e Richard Hunt, que projetou o pedestal, eram todos maçons.

O plano original de Bartholdi era para que uma estátua gigante deste tipo fosse colocada em um porto no Egito. Após a sua proposta ser recusada pelo governo egípcio, ele mudou um pouco seu design e ofereceu a estátua aos Estados Unidos.

O nome original da estátua era "A Liberdade Iluminando o Mundo", e não "Estátua da Liberdade". Novamente, a palavra "Iluminando" se encaixa perfeitamente com o tema dos Illuminati. Iluminando, Iluminismo, iluminação, o sol, inteligência, brilho, brilhante, Lúcifer. Você está percebendo? As pessoas inteligentes estão. Os zumbis, provavelmente, acabaram de parar de ler.

Uma imagem quase igual da Estátua da Liberdade fica na França, também em uma ilha, no rio Sena, em Paris, e foi criada em 1889, apenas três anos após a dos Estados Unidos. Se ele é um símbolo da "América", então porque é que há uma estátua quase idêntica na França? Na verdade, existem centenas de enormes "Estátuas da Liberdade" por todo o mundo.

Colosso de Rodes 

 Você não viu isso no programa, mas eu disse aos investigadores que a Estátua da Liberdade é essencialmente uma versão moderna do Colosso de Rhodes, que foi uma representação do deus grego do sol Hélios (Hélio é o deus do sol). O Colossus foi criado no século 3 antes de Cristo e retratava o deus Hélio segurando uma tocha e ficava localizado na ilha de Rodes, de frente para o mar. Ele tinha 107 metros de altura. Hélio também era representado como um olho que tudo vê, assim como os Illuminati.

"Esta gigantesca figura dourada, com a sua coroa de raios solares e sua tocha erguida, significava ocultamente o glorioso homem-sol dos Mistérios, o Salvador Universal." (Manly P. Hall - Os Ensinamentos Secretos de Todos os Tempos p. 189)

Há um poema impresso em uma placa que fica visível fora da Estátua da Liberdade em Nova Iorque, intitulado O Novo Colosso. 

 Houve também uma cerimônia maçônica, onde a placa abaixo foi posta perto da estátua. O texto da placa diz:

"Neste local em 5 de agosto de 1884, a pedra angular da Estátua da Liberdade Iluminando o Mundo foi colocada com uma cerimônia de William A. Brotte, William A. Brodie, Grande Mestre Macon do Estado de Nova Iorque. Membros da loja maçônica, representantes do Governo dos EUA e da Franca, oficiais do exército e da marinha, membros de Legações Estrangeiras e cidadãos ilustres estiveram presentes. Esta placa é dedicado aos maçons de Nova York, em comemoração do 100 º aniversário daquele acontecimento histórico."


 Pedra Maçônica na Estátua da Liberdade

 Pedra Maçônica na Estátua da Liberdade

A estátua simboliza também um composto de uma grande variedade de antigas deusas que representam o princípio feminino.

Deixe-me explicar Lúcifer

Eu disse que para os Illuminati e os ocultistas, Lúcifer ou Satanás (basicamente a mesma coisa) é benigno. Filosoficamente, religiosamente, ou o que quer que seja, não importa. Lúcifer é bom para eles.

Lúcifer é simbolicamente o salvador por causa do conhecimento proibido, o auto-conhecimento e o raciocínio intelectual que ele (figurativamente, metaforicamente ou literalmente) dá aos humanos, junto com a capacidade de pensar racionalmente e elevá-los a deuses entre todos os outros animais na Terra.

Embora os Illuminati vejam os conhecimentos e informações como bens extremamente valiosos (e com razão), eles querem os manter para si próprios, e deixar os outros "no escuro". Aqui estão alguns autores ocultistas clássicos que explicam a visão ocultista de Lúcifer, ou Satanás.
Madame Blavatsky

Madame Blavatsky

"Assim,' Satanás', uma vez que ele deixa de ser visto no espírito supersticioso, dogmático e filosófico das Igrejas, cresce para a imagem grandiosa do que fez um ser terrestre virar um homem divino, que lhe deu, ao longo do longo ciclo de Maha- kalpa a lei do Espírito da vida, e fê-lo livre do Pecado de Ignorância, portanto, da morte " - Helena Blavatsky - A Doutrina Secreta VI, p. 198 
"Assim Lúcifer - o espírito da Iluminação Intelectual e da Liberdade do Pensamento - é metaforicamente, o farol guia, que ajuda o homem a encontrar seu caminho através das rochas e bancos de areia da Vida, já que Lúcifer é o Logos em sua plenitude." Helena Blavatsky , HP - A Doutrina Secreta, v. II, p. 162




"Lúcifer, o portador da Luz! Nome estranho e misterioso para dar ao Espírito das Trevas! Lúcifer, o Filho da Manhã! É ele quem traz a luz, e com seus esplendores intoleráveis, cega as almas fracas, sensuais ou egoístas? Não duvide disso! " - Albert Pike - Moral e Dogma p. 321
"Tanto o afundamento da Atlântida e da história bíblica da queda do homem significam a involução espiritual - pré-requisito para a evolução do consciente."Manly P. Hall - Os Ensinamentos Secretos de Todos os Tempos p. 83

O perverso canalha do Aleister Crowley tinha isto para dizer:

"Esta serpente, Satanás, não é o inimigo do homem, seja ele quem fez da nossa raça deuses, conhecendo o bem e o mal, ele ordenou 'Conheça a ti mesmo' e ensinou a iniciação. Ele é o 'Diabo' do livro de Troth, e Seu emblema é o Baphomet, o Andrógino que é o hieróglifo da perfeição arcana" - Magia: A Teoria e Prática, p. 193

Independentemente da religião, há uma história na Bíblia que ajuda a explicar a filosofia do satanismo. Em Mateus 4:8-9, ele explica como Satanás levou Jesus ao topo de uma montanha e disse-lhe que lhe daria o controle sobre todos os reinos do mundo se ele adorasse a Satanás. Jesus, é claro, não aceitou esta oferta, mas esta história transmite um significado mais profundo do que parece superficialmente.

Então, quando Satanás disse a Jesus: "Tudo isto te darei a você se você se curvar e me adorares", ele disse parcialmente a verdade. Ele não estava divulgando as conseqüências que poderão ocorrer a partir de tais ações.

Não há necessidade de argumentar que Deus ou Satanás não existem. Uma interpretação literal ou figurada dessa filosofia ou o que seja "adoração" não muda nada, porque os efeitos são os mesmos de qualquer maneira. A passagem bíblica acima transmite a filosofia secreto do satanismo, seja você um cristão, muçulmano, judeu, hindu, ou até mesmo um ateu.

É interessante como maçons de alto nível negam ter qualquer coisa a ver com Lúcifer ou qualquer coisa Luciferiana, mas quando fica claro que eles incorporam Lúcifer em suas crenças, símbolos e filosofia, eles então dizem que nós entendemos mal.

Então, primeiro eles negam qualquer conhecimento sobre Lúcifer e em seguida, quando expostos como mentirosos, eles admitem isso, mas dizem que está tudo bem porque Lúcifer não é o diabo, e que ele é na realidade benigno.

A Tocha

Eu disse que a tocha que a Estátua da Liberdade está segurando representa a tocha de Prometeu, que significa Lúcifer no ocultismo. A história mitológica grega de Prometeu é a mesma alegoria de roubar o fogo (ou seja, o conhecimento) de Deus ou dos deuses, e dando aos seres humanos, assim causando a ira de Deus.

Helena Blavatsky explica em seu principal trabalho no ocultismo, "A Doutrina Sagrada" volume 2 (página 244), a alegoria de Prometeu, que rouba o fogo divino a fim de permitir aos homens prosseguir conscientemente no caminho da evolução espiritual, transformando assim no mais perfeito dos animais na terra e um deus em potencial, e os libertando para tomar o reino dos céus através da violência. Por isto também, a maldição pronunciada por Zeus contra Prometeu, e por Jehovah contra o seu "filho rebelde", Satanás".

Então não sou apenas eu fazendo a conexão entre Prometeu e Lúcifer. São os próprios ocultistas.
Aqui está Manly P. Hall, um dos maiores filósofos da Maçonaria, dizendo a mesma coisa em seu livro "Aulas em Filosofia Antigas" (página 163):

"O homem vagava sem esperança na escuridão da mortalidade, vivendo e morrendo sem luz ou entendimento em sua servitude ao Demiurgo e seu exército de espíritos. No fim, o espírito da rebelião entrou na criação sob a forma de Lúcifer, que sob o disfarce de uma serpente tentou o homem a revoltar-se contra os mandamentos de Jeová (o Demiurgo). Na Grécia, este personagem era conhecido como Prometeu, que trouxe o fogo impregnado dos deuses que iria liberar a vida latente nesta multidão de potencialidades de germes".

Os "chifres" na cabeça da Estátua da Liberdade

Os sete raios saindo da cabeça da Estátua da Liberdade representam os raios do sol, irradiando para fora de sua mente, e, simbolicamente, representa o espírito que irradia a partir da mente como conhecimento. Há sete deles, porque os chifres representam as sete artes e ciências liberais, assim uma base de conhecimento essencial.

A Illuminati adora o conhecimento, ou Gnosis, e eles gostam de deixar as outras pessoas no escuro, ou seja, mantidos na ignorância. A estátua também está segurando um livro, obviamente, símbolo do conhecimento e da informação, mais uma vez se encaixando com o tema do conhecimento e da informação, porque o conhecimento é poder, e é isso que os Illuminati têm.

Fonte:Acorde Cristo Vem

2 comentários:

Cesar M. R. disse...

Paranóia ou verdade? Não me decido completamente. Algo tem de sensato nisso tudo, mas, às vezes, as pessoas exageram. abraço,
Cesar

Anônimo disse...

A UNICA LIBERDA É SOMENTE JESUS CRISTO, O QUAL TEMOS EM DEMONSTRAÇAO UMA ESTATUA GIGANTE NO RIO DE JANEIRO.

Real Time Web Analytics
Template personalizado por Elaine Gaspareto

TOPO ▲