Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deputado gay Jean Wyllys declara guerra aos cristãos e promove censura na internet

O recém-eleito deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ), homossexual militante que conseguiu alguma notoriedade participando do programa Big Brother Brasil da Rede Globo, lançou, na semana passada, uma campanha de combate ao cristianismo.

Em sua página do Twitter, Jean publicou várias mensagens dizendo que cristãos são doentes, homofóbicos, preconceituosos, violentos, ignorantes e fanáticos, e que ele se dedicará ainda mais a eliminar a influência do cristianismo na sociedade. O deputado enfatizou que seu mandato tem como foco a defesa dos interesses da militância gay e o combate a seus "inimigos".

O deputado, que é membro da Frente Parlamentar LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros e travestis) no Congresso Nacional, aproveitou para convocar seus seguidores para se juntar a ele em sua guerra particular. Jean obteve respostas diversas: angariou o apoio previsível de seus seguidores militantes da causa gay, e provocou a reação de inúmeros outros usuários da rede social, indignados com as ofensas do parlamentar aos cristãos e com seus ataques à liberdade de expressão, religião e comunicação. 




Jean promove uma campanha de censura a usuários do Twitter que são contrários às idéias que ele defende, como o "casamento" homossexual, as cartilhas de suposto combate à "homofobia" do MEC (mais conhecidas como Kit Gay) e o PLC 122/2006 (lei da mordaça gay), projeto de lei que pretende transformar em crime qualquer crítica ou oposição ao comportamento homossexual ou às pretensões do lobby gay.

Uma das primeiras vítimas da campanha censória de combate ao cristianismo deflagrada por Jean Wyllys foi o usuário Carlos Vendramini.

Valendo-se do direito que qualquer cidadão possui em uma democracia, Vendramini fez, no Twitter, críticas ao Kit Gay, ao PLC 122/06 e a outros projetos gayzistas e aos parlamentares que os apóiam, como Jean Wyllis, Marta Suplicy e Cristovam Buarque, dentre outros. Incomodado com as críticas, o deputado disse, em seu blog, que estava acionando advogados da Frente LGBT para censurar o perfil de Vendramini, que Jean imagina ser "membro fundamentalista de uma parcela conservadora da direita católica em São Paulo" (sic) e estar praticando "perseguição" a ele.

O perfil de Vendramini no Twitter, @crfvendramini, foi censurado na quinta-feira, 17/03/2011. Também sua página no Facebook foi eliminada, sem nenhuma justificativa, havendo a possibilidade de ter sido hackeada.

A censura imposta por Jean Wyllys a Carlos Vendramini provocou inúmeras reações no Twitter na sexta-feira, a maioria delas de repúdio à ação do deputado e em apoio ao usuário que teve seu perfil eliminado.

Alguns participantes do Twitter tentaram entrar em contato com Carlos Vendramini por e-mail, mas não obtiveram resposta, e se mostram preocupados com o que mais pode ter acontecido, já que ele vinha recebendo ameaças de ativistas gays que diziam estar "de olho" nele e em outros usuários que criticam os projetos e exigências da militância homossexual.

Informações relacionadas:

Patrulheiros da Gaystapo promovem censura, perseguição e cyberbullying. Censuraram o @crfvendramini e molestam vários outros usuários do Twitter.
http://www.tweetdeck.com/twitter/livrexpress/~7NzEe

A ameaca que @crfvendramini sofreu publicamente via Twitter pela GAYSTAPO foi executada. Carlos Vendramini está DESAPARECIDO.
http://www.tweetdeck.com/twitter/1CaRioquinha/~zmtAj 


Fonte:Multiply

22 comentários:

Fábio José Lima disse...

Graça e Paz Pr. Anselmo,

O movimento gay é tão incoerente...
Eles se julgam "entendidos", dando a esta palavra uma vasta interpretação, e agem como coronéis da República Velha.
Quando querem enganar o povo, com seu discurso, em um primeiro momento se apresentam como caudilho, com carisma e liderança, mas logo, logo mostram a cara do coronel, tentando impor sua doutrina pela força e pelo medo.
O amor e a harmonia que dizem ter não coaduna com suas condutas de ameaças, intimidação, perseguição e tantas outras...
A verdade é que vivemos sob o manto da hipocrisia, onde a maioria absoluta é contra a essa ideia do "mundo gay", mas tem medo de expor e defender sua posição.
Temos que SAIR DO ARMÁRIO.
Fica na Paz.

disse...

Pois é, são estes que muitos defendem, um bando de marginais que tentam intimidar os outros, querem calar a todos agora, por isso que sou contra a esta causa. Se bem que ele só vai perder com isso. Paz!

disse...

Foi eleito com 7 mil votos e quase nem foi eleito, ainda fizeram recontagens de votos, ele só entrou porque foi na aba de outro,e agora esta querendo ficar contra o cristianismo? rsss que babaca desculpe a expressão, mas ele não passa de um..

Cida Kuntze disse...

Olá Pr. Anselmo!
É... uma hora as coisas teriam que começar a acontecer mais abertamente. As escrituras não mentem, estamos rumando aos finais dos tempos e tudo isso faz parte.
Vamos estar orando e nos fortalecendo cada dia mais, pois muitas oposições ainda virão aos cristãos.
Um abraço e uma semana de paz!

Anselmo Melo disse...

Concordo com você irmão Fábio.Precisamos "sair do armário" do comodismo e entender que a gaystapo tem partido para a ofensiva contra os valores da família e os valores Cristãos.Querem calar nossa voz a fim de sodomizarem nosso Brasil.

Anselmo Melo disse...

Pois é Rô, o cara esta se achando.Infelizmente o atual modelo político no Brasil acaba por favorecer a eleição de indivíduos sem nenhuma representatividade como esse cidadão aí.Aqui na cidade tivemos um caso assim, um cara sem a menor condição de ser um representante no congresso nacional foi eleito por conta da maciça votação que deram ao tiririca.
Paz!

Anselmo Melo disse...

Olá Cida.
É verdade, parece que abriram a "porteira" de vez!Oa caras estão saindo do armário, de debaixo das mesas e sei lá mais de onde.O que nos cabe é denunciar seus esquemas e estarmos orando por nossas famílias. A coisa ficou mesmo preta!
Paz.Uma ótima semana para você também.

Genilda Silva disse...

Vamos ver até onde isso vai.

Fábio José Lima disse...

Pr. Anselmo, acredito que deveríamos fazer um movimento nacional mais forte sobre estes políticos hipócritas, que se acovardam na hora de defender o povo de um descalabro como este que o movimento gay está querendo implantar a ferro e fogo.
Como sugestão, nós, da blogosfera cristão, deveríamos mandar vários e-mails para os parlamentares com posicionamento cristão sobre o assunto, exigindo que se manifestem na câmara e no senado, para que não se omitam.
Se apenas um pequeno grupo fizer, eles acham que a população não está se interessanda, agora imagina bolar alguns argumentos e disponibilizar na blogosfera para que os blogueiros possam enviar e-mails, enchendo as caixas de mensagens dos políticos, eles vão ter que se interessar pelo assunto e se posicionar.
Na UBE já somos mais de 12000, já pensou cada parlamentar receber um e-mail, por semana, cobrando posicionamento firme e contrário? É um começo de pressão...

Anselmo Melo disse...

Concordo com você Fábio e estou aqui para o que der e vier.Na verdade nós temos dificuldade de nos mobilizar,somos na verdade fortes.Podemos e devemos exercer essa pressão sobre os parlamentares.Vamos propor isso na UBE.Acredito que ter os e-mails não é complicado.Só precisamos de algumas pessoas mobilizadas para isso.Irmão que entendam a urgência e gravidade do assunto em questão.Vamos pensar em alguma coisa.
Paz!

Fábio José Lima disse...

Pr. Anselmo, já estou providenciando a lista com o e-mails de todos os Deputados Federais, no máximo amanhã estarei com ela pronta.

Anselmo Melo disse...

Estou fechado com você meu irmão. Vamos partir para o front.Paz!

maxjoule disse...

Vocês não tem vergonha do q estão fazendo? Jean é um homem que defende minorias! E isso que vocês fazem é se dizer Cristão?

Vale ressaltar também que quem de fato recebeu ameaças de morte FOI ELE! http://goo.gl/yMz6v

Pesquisem antes de escrever qualquer bobagem..

Anônimo disse...

temos que nos unir pois o povo evangelico sempre foi perseguido.
mais sabemos que no sangue de jesus tudo muda
e o poder do osso deus sempre será maior

Anselmo Melo disse...

Senhor(a) maxjoule.
Você esta equivocado em duas coisas. O que estamos defendendo aqui é o direito das famílias de não serem expostas as afrontas dos movimentos gays e ele não é homem.

Victor Rafael disse...

Coitado desse Tal de Jean, não teve nem 15000 votos e quer ter voz.

Anselmo Melo disse...

13.018 votos para ser exato Victor.Não fosse o absurdo dos tais votos de legenda ele não entraria. O cara esta se achando a "voz" das minorias.Se levarmos em consideração que incluindo todos os que são chamados minoria sua representatividade é nula.

ELTON disse...

E INACREDITAVEL O NIVEL DE ALGUNS DEPUTADOS ELEITOS NO BRASIL,COM TANTAS PESSOAS PRECISANDO SE LIVRAR DAS DROGAS, CONHECER A PALAVRA DE DEUS,TER MAIS PAZ NO CORAÇAO,VEM UMA PESSOA IRRESPOSAVEL DESTA QUERER DIFAMAR O CRISTIANISMO E SEUS SEGUIDORES,TEM DO.

Anselmo Melo disse...

Infelizmente mesmo Elton.Nosso povo infelizmente não sabe votar.Romário, Tiririca e tantos outros completamente desqualificados.Estão lá, interferindo diretamente nos rumos de uma imensa nação como o Brasil.

ministerio bereia angola disse...

Parece que o mundo qu se diz civilizado e que durant seculos viveu sob influencia da palavra, quer se livrar destes valor e se paganizar cada vez mais. bm cantou a irmã Sofia:o munod virou de pés pra cima, o mundo virou de patas pro ar, cuidado, cuidado povo de Deus é armadilha de Satanas.

Manuel Dila/Angola

Juarez disse...

Amado pastor Anselmo Melo,

Se o deputado Jean Wyllys não quiser se arrepender dessa vida pecaminosa enquanto há tempo, ele mesmo será o ator principal deste filme:

JEAN WYLLYS NO JUÍZO FINAL

O deputado Jean Wyllys morreu e foi direto para o inferno. Depois de ter passado muitos séculos sofrendo nas mãos do diabo e dos demônios, chega finalmente o dia do seu julgamento.

Jean Wyllys está cabisbaixo. Não tem coragem de encarar Jesus (e nem tem idéia do que irá dizer). E, então, o diálogo começa:

— Jean, — diz Jesus, com voz mansa — Eu dei Minha vida na cruz por amor a você! Eu morri pelos seus pecados! Por que você preferiu continuar fazendo uma coisa que Eu condeno?
— Senhor, — balbucia Jean, quase chorando — eu nunca imaginava que o meu final seria este. Muitos evangélicos (que eu chamava de homofóbicos) me falavam que eu precisava me arrepender antes da morte, mas eu não acreditei. Agora eu vejo que eles estavam falando a verdade. Por favor, Senhor, me dê outra chance!
— Jean, — Jesus fala agora num tom enérgico — Minha Palavra é bem clara: após a morte, vem o juízo (Hebreus 9:27). Muitos servos Meus (que você mandou prender e chamou de homofóbicos) te falaram que Eu perdôo (e também salvo) aqueles que Me aceitam como Salvador, se arrependem dos seus pecados, e obedecem à Minha Palavra. Mas você preferiu continuar fazendo uma coisa que Eu condeno (que é o homossexualismo). Você, durante toda a sua vida, foi um escravo de Satanás. Por que Eu devo lhe dar uma segunda chance?
— Senhor, — diz Jean num tom de lamúria — Tu mesmo disseste que Tu és amor. E que Tu não fazes distinção de pessoas (inclusive os homossexuais).
— Jean, — respondeu Jesus — Eu sou amor, mas Eu também sou justiça. Eu amo o pecador, mas Eu condeno o pecado. É verdade que Eu não faço distinção de pessoas. Mas o que Eu realmente quis dizer com isso é que todo e qualquer pecador (inclusive o homossexual) que Me aceita como Salvador, se arrepende dos seus pecados e se mantém obediente à Minha Palavra será salvo após a morte. Se você pensa que Eu falei isso no sentido de aceitar qualquer um com seus pecados (e sem se arrepender), você cometeu um erro gravíssimo!
— Por que ninguém nunca me disse isso, Senhor?
— Jean, — diz Jesus — Minha Palavra é eterna: não pode ser mudada por nada (e nem ninguém). Você só queria ouvir o que lhe agradava. Você nunca quis conhecer a verdade da Minha Palavra (que é contra o pecado)!
— Senhor, — suplica Jean — me perdoe por eu ter duvidado dos Teus servos. Por favor, Senhor, tenha misericórdia!
— Jean, — diz Jesus num tom bem firme — Eu mesmo disse que quem Me rejeitar será julgado pela Minha Palavra (João 12:48). Você foi um dos que Me rejeitou. E a Minha Palavra também diz que todo aquele que não tiver o nome escrito no livro da vida será lançado no lago de fogo (Apocalipse 20:15)!

Chega o momento fatal. Jesus ordena ao anjo relator: "Abra o livro da vida e veja se o nome do deputado Jean Wyllys está escrito nele!"

Após folhear o livro da vida por horas, dias, semanas, meses, anos, décadas, séculos e milênios procurando, o anjo finalmente diz: "Senhor, o nome dele, infelizmente, não está aqui!"

Jesus, então, sentencia em voz alta: "DEPUTADO JEAN WYLLYS, VOCÊ ESTÁ CONDENADO AO LAGO DE FOGO POR TODA A ETERNIDADE!"

Ao ouvir isto, Jean Wyllys começa a gritar desesperado: "NÃO! POR FAVOR, NÃO! EU NÃO QUERO VOLTAR PARA AQUELE FOGO NOVAMENTE! SOCORRO! SENHOR, TENHA MISERICÓRDIA! TU ÉS O SENHOR! EU TE ADORO! EU TE ACEITO COMO MEU SALVADOR E VOU TE SEGUIR! PERDÃO, SENHOR! PERDÃO!"

Mas Jesus foi taxativo: "ENQUANTO VOCÊ AINDA ESTAVA NA TERRA, EU PODERIA SER SEU ADVOGADO! COMO VOCÊ ME REJEITOU, AGORA EU SEREI O SEU JUIZ! E QUE SE CUMPRA A SENTENÇA QUE EU PROFERI!"

O anjo, então, segura o deputado e o lança no lago de fogo, onde já estão outros homossexuais (que morreram sem se arrependerem)!

Será que o deputado Jean Wyllys quer ver para crer se isto é verdade? Quero ver se ele é corajoso o suficiente para enfrentar Jesus no dia do juízo final!

Pr. Anselmo Melo disse...

Querido irmão Juarez. Muito interessante e também oportuna a analogia feita usando como personagem esse inimigo da cruz de Cristo.
Oxalá ele tenha tempo para se arrepender e receber o perdão de Cristo.
Obrigado por compartilhar conosco.
Paz!.

Real Time Web Analytics
Template personalizado por Elaine Gaspareto

TOPO ▲