29/03/2011

Cirurgião plástico morre em sauna gay no Rio de Janeiro

De acordo com a polícia, vítima teria ido para um dos quartos com um garoto de programa e passado mal após o orgasmo

O Instituto Médico Legal (IML) investiga as causas da morte do cirurgião plástico Eduardo Ramalho, de 56 anos, morto na noite do último sábado (26) em uma sauna gay no bairro da Glória, zona sul do Rio de Janeiro. O corpo já foi submetido a uma necropsia e passa por exames para detectar se há a presença de alguma substância que possa ter causado o óbito do médico.

De acordo com o delegado titular da 9ª DP (Catete), Pedro Paulo Pontes Pinho, o cirurgião plástico estava no estabelecimento voltado ao público homossexual quando conheceu um garoto de programa da casa e se dirigiu a um dos quartos para fazer sexo.
Segundo a polícia, o garoto de programa relatou em depoimento que Eduardo Ramalho passou mal após o orgasmo e morreu, por volta das 22h30. Funcionários da sauna gay e frequentadores do local, entre eles um médico, chegaram a socorrê-lo, mas o cirurgião plástico não resistiu. Quando os bombeiros chegaram ao local, ele já estava morto.
Uma assistente do consultório de Eduardo Ramalho e um amigo dele prestaram depoimento e contaram que a vítima tinha problemas cardíacos. A polícia informou que descarta, por ora, a hipótese de homicídio e da prática do golpe conhecido como “boa noite, cinderela” porque esse tipo de delito é geralmente praticado em circunstâncias e em locais diferentes do ocorrido.
O cirurgião plástico estava com bens e dinheiro no armário da sauna, que serão devolvidos à família da vítima. A morte de Eduardo Ramalho foi noticiada no sábado pela colunista do iGLu Lacerda. O médico tinha um consultório no Rio, na rua Visconde de Pirajá, em Ipanema, área nobre da cidade, e outro em Brasília.
A vítima, de família paraense, não tem parentes no Rio. Entre seus melhores amigos estavam Nilga Charmoun, ex-mulher de Germano Gerdau, e o consultor tributarista Luiz Fernando Priolli. Sua lista de pacientes contava com integrantes da alta sociedade carioca, como Zéka Marquez, Neide Fachini, Surama de Castro, Christine Niemeyer e a ex-miss Brasil Márcia Gabrielle.
Author Image

Anselmo Melo
Anselmo Melo, Carioca, casado e pai de três filhos (herança do Senhor). Pastor Evangélico e empresário. Moro atualmente no Estado de São Paulo onde pastoreio a Igreja de Nova Vida em Limeira. Sou fundador e presidente da Associação Projeto Resgate Vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante,
Você pode elogiar ou criticar, observe apenas:

1-Não publicamos criticas de ANÔNIMOS e nem comentários que não estejam relacionados com o assunto.

2-Baixarias e palavrões também não.

3-Nem todas as publicações são de minha autoria e o fato de estarem aqui não implica necessariamente em que eu concorde com todo o teor do post.

4- Quer ser respeitado? Mostre respeito!

Autor


Anselmo Melo, Carioca, casado e pai de três filhos (herança do Senhor). Pastor Evangélico e empresário. Presidente do COPEL, Conselho de Pastores Evangélicos de Limeira. Moro atualmente no Estado de São Paulo onde pastoreio a Igreja de Nova Vida em Limeira. Fundador e Presidente da Associação Projeto Resgate Vida.
Saiba mais →

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *