Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

SOU VICIADO EM SEXO PELA INTERNET


Tenho publicado recentemente vários artigos falando de sexualidade e pornografia. Nossos irmãos de um modo geral não curtem falar sobre esse tipo de assunto. Alguns ficam chocados por ver um pastor tratar disso de maneira aberta e sem preconceito. O velho tabu que envolve o assunto vem à tona. Os comentários são na maioria das vezes discretos e superficiais e mesmo sabendo da gravidade do problema que muitos irmãos estão vivendo nessa área negamo-nos a discussão.
Quando falo de problemas quero dizer exatamente o seguinte:




1- Irmãos e irmãs que tem uma vida sexual apática e sem graça, que não sentem prazer de verdade quando se relacionam sexualmente um com o outro.

2- Mulheres que ainda sentem vergonha com a possibilidade de sentirem prazer de verdade com o ato sexual.

3- Mulheres que não ficam nuas na frente de seus maridos.

4- Homens que não sabem dar prazer as suas mulheres, que consideram o prazer sexual um direito só deles.

5- Homens que estão cada dia mais se envolvendo com todo tipo de perversão sexual na internet. (sexo grupal, sadomasoquismo, orgias, sexo homossexual, zoofilia (sexo com animais) e todo tipo de aberração que se pode imaginar.

Em fim, a lista é grande e encerra algumas verdades que precisam ser discutidas.
O que será que esta acontecendo com essa geração? Quais os porquês de tamanha depravação moral e espiritual? O que de fato estamos fazendo para reverter esse quadro alarmante?

A história abaixo nos da um parâmetro de onde a coisa acaba, qual é a verdadeira estratégia do diabo para levar chefes de família outrora honrados a uma situação de humilhação e vergonha.
A história não é nova e nem exclusiva, tenho acompanhado casos horripilantes de membros de Igreja vivendo exatamente assim. Alguns pedidos de socorro chegam a tempo de podermos ajudar de alguma forma, outros casos só aparecem quando não existe quase nada a ser feito para salvar um casamento e uma família do constrangimento e da dor.
Coloquei a resposta de uma leitora que conta um caso terrível ocorrido com o seu pastor.
Que Deus tenha misericórdia de nós, nos inspire e nos de sabedoria do céu para lutarmos pelos valores do Reino e de nossas famílias.
Paz!
Pr Anselmo Melo


Tenho 30 e poucos anos, tenho um filho de 2 e outro de 3 anos, uma esposa maravilhosa, porém, tenho esse vício e tenho lutado contra isso durante 4 anos.
Não sei por onde começou isso, porém, eu me lembro que meus amigos de faculdade sempre me mostravam, em seus quartos, algumas revistas pornôs (na época não tínhamos computadores na faculdade). Não tenho coragem de expor esse problema com ninguém, por isso estou enviando esse e-mail para vocês. Não posso largar minhas atividades e me internar em algum lugar, eu tenho responsabilidades, ou pelo menor acho que tenho.
Uns três meses atrás eu conheci a XXXXXXXXXXXXXXXXXX pela internet, estava no orkut “falando de Deus” quando ela começou a conversar comigo, ficamos íntimos em 20 minutos, passaram-se 2 dias e nos encontramos. O que aconteceu eu tenho guardado em meu coração, mas posso adiantar que eu me arrependo de ter feito o que fiz. Tudo isso que fiz foi uma conseqüência do que os meus olhos viram.
Alguns dias atrás, meu filho de 3 anos estava brincando com algumas revistas no meu escritório, quando ele me trouxe somente a capa de uma revista que falava desse site, realmente eu me assustei porque naquele dia eu estava baixando muita pornografia, sinto vergonha de falar disso, mas, meu filho estava no mesmo local que eu, enquanto meus pensamentos estavam inseridos dentro de uma bolha de pornografia.
Comecei a ler alguns textos e eu gostaria de perguntar para vocês: o que eu tenho que fazer? Na verdade eu sei o que eu tenho que fazer, eu sei que tenho que parar de trair minha esposa com essas mulheres e até algumas meninas que eu conheço pela internet, deixando de fazer sexo virtual; eu sei que eu tenho que parar de consumir pornografia, também sei que tenho que parar de me masturbar, porque me sinto fraco e sei que onde eu estou está deixando todos fracos. A pergunta que eu gostaria de fazer é se eu devo largar “meu ofício” e confessar para minha esposa e minha “comunidade” que seu marido e seu pastor é um viciado em sexo virtual, viciado em pornografia.
Ontem eu preguei em minha “comunidade”, quando eu terminei de pregar uma adolescente veio contar muito nervosa que existia um site cristão pornô, ela falava com muita raiva, e eu pensava: “eu preciso tomar uma decisão, me tratar, contar a verdade, pedir oração, entregar “meu ministério”, e é por isso que eu escrevo: o que eu faço?
Ore por mim, me chamo XXXXXXXXXXXXXXXX preciso me libertar e ter a glória de Deus em meu rosto novamente.

Comentário:A.Ajudadora
Paz!

Estarei orando por vc! ótimo pois sei que vc fica agradecido, mas o que vc quer ouvir não é somente isso e eu sei bem.

Infelizmente o que mais tenho visto e enfrentado no meu trabalho de intercessão é o sofrimento de pessoas como vc, tanto homens quanto mulheres, para vc ter uma ideia nosso pastor foi expulso da denominação que congrego esta semana pq alem de adultero (ter um caso com uma mulher) ficamos sabendo que pegava meninas para ir com ele para um motel e como ele não tinha ereção (tem 67 anos) ele usava um vibrador com elas, como soubemos disso? Ele se acidentou quando voltava do motel com uma delas, o carro capotou e na hora ele disse que precisava pegar uma coisa que havia perdido no carro, resultado, a policia e o resgate encontraram o vibrador. Consequencia disso, vergonha na minha cidade, vergonha para ele e a familia dele, nossa igreja desmoralizada.

NADA FICA OCULTO, isso é Biblico e vc sabe. Deve orar e contar sim para sua esposa pois ela é sua ajudadora e a maior prejudicada nisso( e vc sabe que Deus não se agrada de vc estar ferindo a Serva DELE) entao para o diabo armar uma para vc e ela descobrir é só uma questao de tempo. Penso que como com Deus não existem coincidencias e sim CRISTOCIDENCIAS seu filho foi usado para te levar a revista e vc falar com a gente por aqui, para que vc EM NOME DE JESUS PARE, antes que vc perca sua familia, seu ministerio, sua dignidade.

Posso te garantir que Deus vai nos avisando, avisando, só que é Biblico, vc vai ser envergonhado se continuar pecando, ate pq o problema não é só vc e sua familia, que tipo de cobertura esta dando para as pessoas que congregam com vc? Acha que não terá que prestar contas a Deus pelas almas delas?

Lamento ser radical, mas a vida cristã é doída mesmo, temos que carregar a cruz, mas SE CONFESSARMOS NOSSOS PECADOS ELE É FIEL E JUSTO PARA NOS PERDOAR! só que ELE mesmo diz : VAI E NÃO PEQUES MAIS!

Sua esposa vai te ajudar (DEUS uniu vc com sua ajudadora,lembra?), tenha fé, mas é claro que vai ter que perseverar e lutar contra isso, mas com ela junto vc vai conseguir, não pense que vai ser moleza porque ela vai ficar em cima de vc o tempo todo, mas isso é necessario para que vc não "desande" e se perca.

Ore bastante, o primeiro passo vc ja deu que é procurar ajuda confessando seu pecado, segundo passo confesse e peça a ajuda de sua esposa, infelizmente não podemos saber qual sera a reação dela, mas estaremos orando por vc e EM NOME DE JESUS, Onde abundou o pecado há de superabundar a graça.

Deus abençoe!!!!!


12 comentários:

Anderson Rogério disse...

Paz, Pr Anselmo.

Mais uma vez parabéns pelo blog e pela coragem de abordar questões que muitas vezes têm sido tabus para alguns cristãos.

Enquanto muitos pastores por falso pudor ou religiosidade, deixam de tocar em assuntos como esses suas congregações enfrentam problemas nessa área e ficam sem auxílio espiritual.

Conheço prs que enfrentam problemas com a pornografia virtual, são homens que realmente amam a Cristo, mas que estão presos nesse pecado, esse blog pode ser de muita ajuda, continue sempre assim.

Deus lhe abençõe...

Saidy Lopes disse...

Paz de Cristo!
Excelente postagem Pr.
Este problema grave tende a aumentar dia após dia. Pessoas, inclusive crentes ganhando o vício pela pornografia online.
Deus abençoe a sua famillía e lar!
www.saidylopes.blogspot.com
Seu seguidor agora

Alberto Couto Filho disse...

Amado pastor Anselmo,

A paz
Quem disse ao amado que não se dá importância ao importante assunto trazido à lide?
Ocorre, exatamente, o que disse o Anderson Rogério:
Falso pudor, religiosidade, constrangimento, melindres e, muito mais, coisas afins.
Prossiga pastor, impomdo limites aos textos, como até então.
O seguidor, amigo e conservo
Em Cristo

Cláudio Nunes Horácio disse...

Amigo Anselmo, para mim é MUITO difícil imaginar e ter empatia com este tipo de situação, pois sou filho de sexóloga.
Em casa quando moço, conversávamos abertamente de sexo, nesta época era assinante da revista playboy e todos em casa líamos suas matérias e olhávamos suas fotos tranqüilamente, na sala, sem o menor constrangimento ou repressão.
Sexo pra mim nunca foi tabu, minha primeira relação sexual aconteceu aos 12 anos de idade.
Meu primeiro contato com o valor da virgindade se deu depois de minha conversão numa conversa com meu primeiro pastor, o qual me disse que casara com sua esposa e ambos eram virgens. Lembro-me como se fosse hoje que eu morri de rir e achei aquilo totalmente absurdo e surreal.
Só quando deixei de ser neófito que entendi a vontade de Deus para o sexo.
Então, penso que talvez o excesso de repressão possa contribuir para o aumento do desejo pelo proibido, pela busca do desconhecido, nas palavras de Paulo seria "...a força do pecado é a lei" (ICo 15.56).
Talvez se não ficasse pensando só "eu não posso, eu não devo, eu não posso, eu não devo" melhorasse um pouco.
Sei que isso não curaria ninguém, mas com certeza há inúmeras coisas dentro destas pessoas que resultam na busca do prazer proibido. A vida conjugal destas pessoas não estão a contento, elas mesmas sofrem de perturbações e dores que só elas conhecem.
Minha sugestão seria a busca de auxílio profissional, um psicólogo cristão talvez, ou uma boa conversa na Verdade do Evangelho, expondo o que é e o que não é ser um discípulo, a miséria que a pornografia gera usando pessoas como produtos também ajudaria muito.
Então meu amigo, este assunto é amplo e complexo e creio que não há um único remédio para todos os casos.
Na graça e na paz dos que habitam nEle.

Diego Batista disse...

Paz querido, passando pra conhecer o Blog, muito bom viu.. Que Deus continue abençoando seu trabalho e que muitas vidas possam ser edificadas.Ja estou seguindo, quando possivel me faça uma visita.. abraço

Diego Batista
http://conversandocomiave.blogspot.com/
@diegobatista25

Blog do Anderson Cruz disse...

Graça a Paz, pastor Anselmo,

Primeiro, parabéns pelo blog.

Como você mesmo disse, existe um verdadeiro tabu quando o assunto é sexo, mas precisamos tratar disso com seriedade e com a ajuda de Deus. Esse não é o primeiro relato que leio sobre isso e fico preocupado quando vejo que muitas pessoas têm enterrada seu potencial porque estão mergulhadas na pornografia e em muitas outras questões sexuais.

Precisamos intensicar nossas orações por essas pessoas e por nós mesmos, pois estamos sujeitos às mesmas tentações.

Paz e Graça sobre todos.

Anderson Rogerio Andujar disse...

Como disse o amigo Cláudio Nunes uma boa conversa na Verdade do Evangelho pode ser muito útil, precisamos sempre ter alguém em quem confiamos para podermos expor nossos anseios e fraquezas.

Jesus nos da uma pista de como alcançar a vitória sobre as tentações: COMUNHÃO COM DEUS ATRAVÉS DA PALAVRA E DA ORAÇÃO!

Não rogo que os tires do mundo, mas que os guardes do Maligno.
Eles não são do mundo, assim como eu não sou do mundo.
Santifica-os na verdade, a tua palavra é a verdade (Jo 17.15-17).

disse...

O problema é que muitos acham que pastores não são homens como qualquer outro, muitos acham que pastor é incapaz de sentir, mas todos antes do cargo eclesiástico são homens também como qualquer outro. Pastores, sentem fome também, sentem desejos também, são carente também, e este lado não é suprido só com oração não, é suprido na cama mesmo , carne se supre com carne também. rss
Que as esposas de pastores, façam seu papéis direitinho, estão deixando seus maridos sozinhos demais em frente de um pc. Paz!

René disse...

Amado Anselmo,

Entendo que o Diabo trabalhou muito bem essa questão do "pecado do sexo". Desde a década de 1960, foram criadas muitas facilidades para que, primeiramente, o adultério e a fornicação aumentassem e, posteriormente, outras questões sexuais, como homossexualismo e pedofilia. Essas coisas sempre existiram, é verdade, mas, a cada dia que passa, aumentam seu alcance.

Uma das causas disso tudo, vem da religião, que tratou o sexo como um tabu, ou, no pensamento agostiniano, como o próprio pecado original. Uma visão apropriada do sexo, com diálogo aberto e franco, como sugere o Cláudio, seria de grande ajuda.

Mas, mesmo em meio a tantas facilidades, creio que o que mais acontece é as pessoas esquecerem do que disse Tiago: "Quando alguém for tentado, jamais deverá dizer: 'Estou sendo tentado por Deus'. Pois Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta. Cada um, porém, é TENTADO PELA PRÓPRIA COBIÇA, sendo por esta arrastado e seduzido". Isto quer dizer que, sem essas facilidades, tais pessoas seriam aqueles "santarrões" de igreja, que olham para os decotes, ou para as minissaias, e condenam as mulheres que os usam, por serem obscenas, quando na verdade, é por terem despertado seu tesão incontrolável.

A saída é simples: intimidade com o Senhor Jesus! Com esta intimidade, não se terá vontade de olhar pra outra coisa, que não seja a vontade de Deus. Assim, o Espírito lutará contra a carne e, certamente, sairá vencedor!

Grande abraço e continue na Paz!

Anderson Rogerio Andujar disse...

Tô contigo René e não largo.

Como a Rô disse realmente as mulheres precisam fazer a sua parte, mas caso elas falhem Deus não vai aceitar isso como desculpa para um homem pecar dessa forma.

Somos sacerdotes de nossa vida e temos a obrigação de nos fortalecermos no Senhor.

Davi tinha várias mulheres quando ficou espionando Bate-Seba, será que ele estava carente ou deixou de vigiar?????

disse...

No caso de David não era carência , mas era a própria cobiça que existe no homem, e isso não é só vigiar, mas supri-la também, com amor e com Deus. existe vários aspectos aí que pode levar alguém para este problema!

Anônimo disse...

concordo plenamente

Real Time Web Analytics
Template personalizado por Elaine Gaspareto

TOPO ▲