28/10/2010

Em defesa das Instituições


Considero importantíssima a desconstrução dos conceitos acerca da igreja contemporânea. Não dá pra fugir desta discussão. Mas haverá fundamento sólido nos discursos que consideram que as instituições religiosas são o próprio anti-cristo?

No passado recente da história da igreja brasileira, enfrentamos desafios semelhantes aos da idade média, onde a igreja anterior à reforma tomou para si privilégios institucionais que, de tão danosos, tornou iminente a primeira Reforma. O problema é que não importa o que você tente empreender coletivamente, necessariamente terá que institucionalizar coisas. O próprio Jesus falava de maneira feroz contra a religiosidade institucional, mas não questionava os fundamentos das instituições estabelecidas em seu tempo. O problema não era a existência organizacional, mas a falta de eficiência de tais estruturas e também da falta de compromisso das pessoas envolvidas com a vontade de Deus.

Reconstruir é o passo seguinte a toda desconstrução. Não há outro caminho. Pois, ao menos metade do Novo Testamento trata de preceitos explícitos com relação ao convívio em comunidade. Talvez isto seja para que nos lembremos que, a Igreja é a única organização certificada e aprovada por Deus para a edificação do Reino. Então não basta repetir para si mesmo que “somos todos sacerdotes”, se não relembrarmos que nem todos fomos chamados para o GOVERNO na comunidade.

um ditado popular que afirma que “o poder corrompe… e o poder absoluto corrompe absolutamente”. Este é um ditado herético e que representa bem nossa insatisfação mal direcionada. Deus possui o poder absoluto, porém a própria palavra de Deus afirma que nele não há corrupção alguma. Igualmente, a Igreja de Cristo deve avançar, lembrando sempre de onde vem sua autoridade e poder. E nós jamais podemos nos esquecer que, instituições devem servir à Igreja de Cristo. Não iremos nos corromper por que aquele que é o TODO PODEROSO jamais se corrompe. Nossa luta não é contra a institucionalização, mas contra o governo dos interesses institucionais (que visam garantir a sobrevivência estrutural) sobre a Igreja de Cristo.

Não culpe a enxada pelo mau uso feito pelo agricultor.
O problema SEMPRE está nas pessoas. As estruturas são um mero detalhe.
Ariovaldo Jr
Author Image

Anselmo Melo
Anselmo Melo, Carioca, casado e pai de três filhos (herança do Senhor). Pastor Evangélico e empresário. Moro atualmente no Estado de São Paulo onde pastoreio a Igreja de Nova Vida em Limeira. Sou fundador e presidente da Associação Projeto Resgate Vida.

Um comentário:

  1. Mas as pessoas são a igreja amor, então onde estiverem, seja na instituição ( Templos) praças, trem, em casas, sempre haverá problemas pois onde o homem se junta tem problemas, tem amor, amizades, inimizades, pois a igreja ainda esta no mundo!

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante,
Você pode elogiar ou criticar, observe apenas:

1-Não publicamos criticas de ANÔNIMOS e nem comentários que não estejam relacionados com o assunto.

2-Baixarias e palavrões também não.

3-Nem todas as publicações são de minha autoria e o fato de estarem aqui não implica necessariamente em que eu concorde com todo o teor do post.

4- Quer ser respeitado? Mostre respeito!