Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Em busca de uma resposta



“Por-me-ei na minha torre de vigia, colocar-me-ei sobre a fortaleza e vigiarei para ver o que Deus me dirá e que resposta eu terei a minha queixa.” Hc.2:1
Habacuque é um ilustre desconhecido entre os demais profetas do AT. Seu nome incomum só aparece aqui no inicio do seu livro. Pairam duvidas sobre a época em que viveu e sobre a origem e significado de seu nome singular.
Entrementes, o profeta que é visto por muitos teólogos contemporâneos como um filosofo, nos transmite uma mensagem contextualizada e oportuna para os dias sombrios vividos hoje pela Igreja de Cristo.
Judá esta dominada pela iniqüidade, a impiedade governa o coração de um povo que outrora seguia e regozijava-se na lei de Jeová. Habacuque parece descontente com a aparente demora por parte de Deus em promover seu juízo sobre Judá, no entanto esse sentimento é logo substituído por um drama bem maior. Quando ele contempla com os próprios olhos a morte e a destruição do seu povo, a crueldade e violência dos Caldeus deixam o profeta perplexo diante daquilo que se poderia chamar-se de a “vara” de Deus corrigindo a nação.
Habacuque fez então o que penso hoje faltar para muitos, procurou a solidão, desligou-se de forma deliberada das muitas vozes que clamavam em seu mundo, e, aplicou seu coração tão somente em ouvir a voz de Deus. Hc.2:1
Diante do desejo zeloso do profeta a resposta de Deus veio com a forma de uma das mais grandiosas afirmações descritas na Bíblia, que ainda hoje encontra eco no coração dos seus filhos, trazendo cura para as dores, alento para as decepções e luz para as nossas duvidas: “O justo viverá pela sua fé, estes serão preservados no dia da calamidade".
O fim da resposta de Deus expressada no ultimo verso do capitulo dois sugere-nos também algo importante; centenas de milhares de pastores, postulantes e demais irmãos que julgam sempre ter algo impar para dizer sobre tudo e todos ele nos revela: “O Senhor, porem, esta no seu santo templo; cale-se diante dele toda a terra.”
Essas palavras parecem-me sugerir o seguinte: Eu sou Deus, sou soberano nos céus e na terra, minha vontade não pode e não será frustrada jamais, aquietai-vos e sabei que eu sou Deus.
No amor de Cristo.
Pr Anselmo Melo

0 comentários:

Real Time Web Analytics
Template personalizado por Elaine Gaspareto

TOPO ▲