12/08/2010

APROVADA LEI QUE PERMITE TORTURAR ANIMAIS


O Deputado Edson Portilho, do Estado do Rio Grande do Sul, teve a desventura de criar um projeto de lei que permite que os animais sejam torturados e sacrificados em rituais religiosos. O parlamentar, sabendo que os protetores dos animais se manifestariam, fez a seguinte trama: marcou a apresentação para votação da lei num dia de julho, mas fez um chamado urgente e marcou a reunião às pressas, e mais cedo. Os únicos avisados foram os demais deputados a favor. Ou seja, não havia defesa.


Os animais não tiveram oportunidade de ter pessoas que os representassem, ou seja, quem poderia responder por eles. E aconteceu o que mais temíamos: houve 32 votos contra os animais e apenas 2 a favor. Os animais agora poderão ter olhos e dentes arrancados e cortados em vários pedaços para fazer o tal Banho de Sangue. Os animais que não servem mais para o ritual são mortos a sangue frio, conscientes e sem qualquer anestesia.


A comunidade afro-religiosa vibrou com a aprovação do projeto de lei 282/2003 de autoria do deputado Edson Portilho (que é do partido do PT).

Como o artigo 2º da Lei nº 11.915, de autoria do deputado Manoel Maria (PTB), que veda ofensa ou agressão física de animais, bem como sujeitá-los a qualquer tipo de experiência que cause sofrimento, o deputado Edson Portilho justificou que o projeto aprovado - construído com o apoio do Ministério Público, da Assembléia Legislativa e do Executivo -, visa a garantir o direito de expressão livre de credo, evitando que as religiões de matriz africana, símbolo de resistência da cultura de seus antepassados, sejam inibidas pelo dispositivo. “As práticas realizadas nos rituais não estão enquadradas no código, não existe nenhuma crueldade. O que existe é uma sacralização desses animais, que são venerados e depois consumidos pelos próprios religiosos ou doados para entidades carentes”, afirmou Edson Portilho.



Manoel Maria

O autor do Código de Proteção dos Animais, o deputado Manoel Maria (PTB), disse que o objetivo único de criação deste código é garantir a proteção e o respeito aos animais, sem desrespeitar qualquer religião. Ele entende que “a liberação para as religiões de matriz africana oficializa a matança, simplesmente”.

O presidente da Associação Protetora dos Animais, Airton Marcolino, manifestou-se contra a aprovação do projeto em razão da maneira como são sacrificados os animais. “Recebo diversas denúncias de pessoas vizinhas aos templos religiosos, que utilizam essas práticas, e já encontrei diversos animais com vida, mas machucados, após os cultos”, comentou.

Pedro de Oxum Docô, babalorixá, explicou que o sacrifício de animais em práticas da religião africana tem o objetivo de engrandecer a vida, sendo proibido matar um animal em vão. Segundo ele, 96% dos animais oferecidos em sacrifício em sua casa, são congelados e doados para a comunidade carente do bairro Partenon, em Porto Alegre. Pedro de Oxum, defendeu a liberação para que seja assegurado o direito de religiosidade no Brasil e, especificamente, num Estado que tem um grande consumo de carne.


Obs: Por isso, divulgue a todos os seus contatos, essa informação envolvendo Edson Portilho, para que nunca mais consiga se reeleger a mais nenhum tipo de cargo!!!

Fonte: Protetoras dos Animais Maltratados e Aba
Author Image

Anselmo Melo
Anselmo Melo, Carioca, casado e pai de três filhos (herança do Senhor). Pastor Evangélico e empresário. Moro atualmente no Estado de São Paulo onde pastoreio a Igreja de Nova Vida em Limeira. Sou fundador e presidente da Associação Projeto Resgate Vida.

15 comentários:

  1. Pr. Anselmo
    A paz - infelizmente renegada por este espécime de azêmola de nome EDSON PORTILHO, autor desta insanidade claramente identificada como prototípica da estupidez do homem que não conhece a Deus.
    Deixe estar - chegará o momento em que ele será sacrificado em função da Lei maior advinda do trono de Deus.
    Torno a citar Oscar Wilde, diante desta famigerada insânia. Aqui está um pensamento que resume o estupor que estamos presenciando neste mundo que, sem qualquer discussão, jaz no maligno – Não há mais dúvidas!
    “O POVO GRITA CONTRA O PECADOR E, TODAVIA, NÃO É O PECADOR, MAS O ESTÚPIDO QUE É A NOSSA VERGONHA. NÃO HÁ OUTRO PECADO ALÉM DA ESTUPIDEZ”
    Digam NÃO, nas urnas, a este infeliz, pobre coitado, um safardana - um biltre, sem qualquer escrúpulo, cuja cretinice está a serviço de Satanás.
    Era de se esperar – o canastrão é da troupe petista.
    Alerte-nos sempre, pastor – nós te agradecemos.

    Ps: não vi seu comentário sobre os que cuidam daquela azêmola de biografia segredada aos eleitores. O jovem amigo teria esquecido meu link? rsrs

    ResponderExcluir
  2. Eles aprovaram essa maldita Lei nas caladas da noite, é um golpe de traição contra tudo e contra todos, até contra animais. Estávamos ocupados com o Código Florestal, e a maldita Pl 122, o projeto passou quase despercebido. É mais um ato de covardia e irresponsabilidade por parte da maioria de nossos parlamentares.

    ResponderExcluir
  3. Quem deveria ser sacrificado era esse safado EDSON PORTILHO e junto com eles todos os politicos vagabundos, ladroes e assassinos que tem nesse governo.

    ResponderExcluir
  4. Pastor estou divulgando o seu blog no meu,
    Sou vegetariana e luto pelos direitos dos animais, gostei muito do artigo, parabéns pela iniciativa!

    ResponderExcluir
  5. QUE DESGRAÇADO, TOMARA QUE SEJA SACRIFICADO TAMBÉM E SEJA PICADO, ESQUARTEJADO E JOGADO NO LIXO QUE É COMPAT´VEL COM ELE. LÉA

    ResponderExcluir
  6. Eu, eu, eu, eu!!! Faço a minha vontade! Me alimento com aquilo que eu quero, visto que Deus permitiu. Mesmo sabendo qual a vontade de Deus em relação à nossa alimentação, o homem escolhe sempre fazer a própria vontade, aquilo que Deus permitiu fazer e não aquilo que Ele quis e quer para o homem.

    ResponderExcluir
  7. Estas religiões de descendência africana, no RS, tem uma forte defesa, através deste Babalorixá, bastante influente e que, inclusive, já se candidatou à Assembléia Legislativa e outros que não citarei nomes. Possuem amigos e "clientes" nos meios influentes e nos meios políticos. A batalha tem que ser dura, pois os animais indefesos são realmente torturados.

    ResponderExcluir
  8. E outras religiões não torturam e matam animais somente por se alimentar deles? A hipocrisia mora aqui também?

    ResponderExcluir
  9. Vcs sabiam que tem "religiao" que mata criancas tbm a pedido desses tais santinhos.... entao aprovem essa lei ai tbm que podemos matar quem quisermos em nome dos santos dos orixas de Deus.....quem sabe um deles possa pedir os deputados senadores vereadores presidentes em sacrificio!

    ResponderExcluir
  10. No! This must stop. Law or now law people have free will. We have a conscious and we have a mass consciousness. This photo, this image alone denotes how wrong this action is. People please stop harming animals. Stop now. God please help these people stop the toruture in you Will, Amen.

    ResponderExcluir
  11. Maldito Candomblé. O puro lixo africano.

    ResponderExcluir
  12. Estamos aqui para progredirmos, evoluirmos. Se essas religiões seguem o que os antepassados faziam significa que estão estacionados. Nunca irão evoluir no lado espiritual.

    ResponderExcluir
  13. ELES DESCONHECEM A LEI QUE PROTEGE OS ANIMAIS.
    OU ELA FICOU APENAS NO PAPEL?

    ResponderExcluir
  14. em pais onde a presidente rouba bancos, cometeu terrorismo, sequestro em nome do poder, lideres que roubam com a cara limpa, financiam o trafico, manipulao as leis em seu proveito, o que esperar de um homem sem deus no coracao eu rezo que sual tenha paz, isso se algum dia tera

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante,
Você pode elogiar ou criticar, observe apenas:

1-Não publicamos criticas de ANÔNIMOS e nem comentários que não estejam relacionados com o assunto.

2-Baixarias e palavrões também não.

3-Nem todas as publicações são de minha autoria e o fato de estarem aqui não implica necessariamente em que eu concorde com todo o teor do post.

4- Quer ser respeitado? Mostre respeito!

Autor


Anselmo Melo, Carioca, casado e pai de três filhos (herança do Senhor). Pastor Evangélico e empresário. Presidente do COPEL, Conselho de Pastores Evangélicos de Limeira. Moro atualmente no Estado de São Paulo onde pastoreio a Igreja de Nova Vida em Limeira. Fundador e Presidente da Associação Projeto Resgate Vida.
Saiba mais →

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *