Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

MEU MARIDO, MEU ESTUPRADOR DE PAPEL PASSADO

Quando fala-se de estupro o que logo nos vem a mente é a cena de um estranho abusando sexualmente de uma vítima, seguido ou não de morte. Mas depois de tanto escutar e ler depoimentos de esposas frustradas sexualmente, uma “pulguinha” atrás da orelha começou a me trazer certo desconforto. Fui então atrás de informação para ter a certeza de que a tal pulga não era coisa da minha cabeça.
Como se caracteriza o estupro?
“Estupro, coito forçado ou violação. É a prática não consensual do sexo, imposto por meio de violência ou grave ameaça de qualquer natureza por ambos os sexos. Ele consiste em qualquer forma de prática sexual sem consentimento de uma das partes, envolvendo ou não penetração. Ainda que o estupro vitime ambos os sexos, as mulheres são as vítimas historicamente mais atingidas. A maior parte do corpus jurídico mundial caracteriza o estupro como um crime sexual no qual há penetração.”
Pois é, a pulguinha estava certa. Milhares de mulheres são estupradas diariamete por seus maridos quando são submetidas ao sexo forçado, sem consentimento. Existe um versículo Bíblico que muitos homens – que estagnaram na era da cultura machista – usam para justificar tal ato:

O Que Será Que Aconteceu Com a “Ceia” do Domingo?

O Papel Crucial da Pregação Bíblica

Não tenho certeza sobre como minha mãe dava conta, mas ela fazia dos almoços de domingo uma ocasião especial. Tenho lindas lembranças dos cheiros, sabores e da atmosfera familiar da refeição do meio-dia, depois do culto de domingo pela manhã. Freqüentemente, comíamos carne assada, batatas, legumes frescos e torta feita em casa. Era o ponto máximo da semana para toda a nossa família, e a comida era tão abundante que domingo era o dia em que o “almoço” era chamado de “ceia”.
Nestes dias atuais, de lares com duas fontes de renda, poucas famílias se reúnem para comer uma refeição, quanto mais para compartilhar, em clima de lazer, um almoço feito em casa, depois de terem participado do culto como família. A refeição de domingo é provavelmente uma pizza encomendada por telefone celular, chamada feita do estacionamento da igreja, ou fast-food apanhado no caminho para os jogos de futebol da tarde das crianças. Tempo adequado com a família e nutrição balanceada enfrentam muitos desafios em nossa sociedade cheia de estresse.
Deus inspirou a Bíblia com um propósito: ser o instrumento para o homem de Deus equipar o rebanho para um viver como o de Cristo.
Outro almoço de domingo, ainda mais importante, também está passando por tempos difíceis: alimentar o rebanho de Deus com a Palavra de Deus pelos pastores de Deus. Muitas ovelhas estão mal nutridas e se tornam presa fácil para os lobos em uma cultura pós-cristã e cada vez mais anticristã. Hoje, o rebanho geralmente vive com uma dieta de alimentos que não valem nada, que são uma porcaria, em vez de se alimentar de banquetes nutritivos e bem planejados, que incluem a carne da Palavra de Deus. Por que estamos vivendo neste estado lastimável? Seguem algumas das muitas razões:

Deus Não Permitirá Que o Islamismo Vença

Levando em consideração os atentados que aconteceram na França, é fácil que qualquer um pense que o islamismo não será derrotado em um momento próximo. A mídia em todo o mundo é muito competente em minimizar tudo o que diz respeito à malignidade do islamismo. E as células islâmicas em estado latente – prontas para impingir o terror – estão plantadas em todo o mundo.
O atual governo dos Estados Unidos ou é mentalmente incompetente e/ou traidor, colocando em perigo a vida de todos os americanos e de outras pessoas ao redor do mundo, por ser indulgente com esse inimigo bárbaro, torturante e impiedoso. A perspectiva do crente deve sempre ser que vivemos nas trincheiras de um campo de batalha espiritual e o mal é manifesto através de pessoas más. Nossa esperança não está nos governos; ela está em nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo.

O Pr. Geremias do Couto comenta cancelamento da palestra do Rev. Augustus Nicodemus na CPAD

Estive ontem na Mega Store da CPAD para assistir à palestra do rev. Augustus Nicodemus Lopes. Como fora de casa só tenho acesso à internet onde houver wifi, só fiquei sabendo do cancelamento quando lá cheguei por volta das 17:00hs. A decisão tinha sido tomada poucas horas antes. A nota publicada pela CPAD é mero eufemismo para não mencionar os verdadeiros motivos.
Não tenho outra forma de qualificar a atitude, a não ser como vergonhosa, descortês, desrespeitosa e anticristã até porque o rev. Augustus já estava no Rio de Janeiro, quando foi comunicado da decisão. Criou-se no mínimo um "incidente diplomático", pois trata-se do vice-presidente do Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana do Brasil.

8 maneiras pelas quais você está apenas COMPLICANDO a sua vida

Veja 8 maneiras pelas quais muitas pessoas estão complicando a própria vida, e muitas vezes nem percebem. Verifique se isso está acontecendo com você.

  • Sabe quando as coisas parecem não andar? Quando temos a sensação de estar patinando na vida? Em vez de tentar achar culpados para a nossa situação atual, que tal perguntarmos a nós mesmos: "O que estou fazendo de errado?", "Em que preciso mudar ou melhorar?".
    É claro que nem todas as coisas negativas que nos acontecem são por nossa culpa. As decisões de outras pessoas podem nos afetar direta e indiretamente. No entanto, se nossa vida está complicada de alguma maneira, é imprescindível fazer uma autoanálise para tentarmos encontrar as possíveis "rachaduras" e providenciar o seu reparo.
    Abaixo estão oito maneiras pelas quais muitas pessoas estão complicando a sua vida, e muitas vezes nem percebem. Verifique se isso está acontecendo com você.
  • 1. Reter o perdão

    Mágoas antigas e recentes destroem a paz de espírito. São verdadeiros atrasos de vida. Se você sente raiva, rancor ou mágoa de alguém, está na hora de se livrar desse fardo. Esforce-se para perdoar. Se o fizer, ainda que a pessoa queira continuar sendo sua inimiga, você terá feito a sua parte e poderá seguir adiante com a consciência tranquila. Coisa que não acontecerá com ela, a menos que perdoe também.
  • 2. Espalhar mentiras sobre alguém

    A fim de denegrir um desafeto ou para tentar encobrir os próprios erros, muitas pessoas divulgam inverdades, pois é mais fácil tornar o outro um vilão e se fazer de vítima, a arrepender-se de seus erros e corrigi-los. A questão é que, cedo ou tarde, a verdade vem à tona. E quem crê na justiça divina sabe muito bem quão terríveis são as consequências de se proferir mentiras. (Veja Salmos 5:6)
    Se este for o seu caso, saiba que "embora você não possa voltar atrás e fazer um novo começo, você pode recomeçar agora e construir um novo futuro." Portanto, arrependa-se hoje mesmo do mal que causou, e não permita mais que seus lábios sejam corrompidos por mentiras.

19 atitudes admiráveis em uma mulher que deixam seu marido morrendo de medo de perdê-la

Homem nenhum é bobo a ponto de querer perder uma mulher com estes atributos! Quantos da lista você tem?

  • Em um mundo cheio de relacionamentos conflitantes, tudo o que um bom marido quer (assim como uma boa mulher) é encontrar no lar um lugar de refúgio, livre de picuinhas, intrigas, dissimulação, vitimização, brigas ou qualquer atitude que destrua a harmonia conjugal e familiar.
    Portanto, nenhum marido irá querer perder uma mulher que:
  • 1. Cuida de si mesma

    Ela cuida da sua saúde física e emocional. Esforça-se para manter uma boa aparência, uma mente sadia e ativa.
  • 2. Confia no próprio taco

    Ela é inteligente o suficiente para saber que os homens não suportam insegurança, ainda mais quando acompanhada de dramatização.
  • 3. Quer crescer constantemente

    Ela não para no tempo, está em constante evolução. Adora aprender coisas novas e aceita desafios.
Real Time Web Analytics
Template personalizado por Elaine Gaspareto

TOPO ▲