Pr. Anselmo Melo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Lamia, um nome carregado de maldição e alguns outros fatos curiosos sobre o acidente com a Chapecoense

1ª curiosidade
LAMIA - Esse certamente é um nome carregado de significados obscuros. Era o nome de um ser maligno, de uma criatura do sexo feminino demoníaco da mitologia greco-romana. Caracteriza-se como um espírito assustador que rouba e mata crianças, um ser terrível . Ele é representado pela cabeça de uma mulher com corpo de cobra; segundo a lenda, se alimenta-se de sangue de homens, de jovens. Toma a energia vital deles.
A Bíblia diz há uma guerra espiritual. Os maus espíritos existem e servem ao reino das trevas. 

Veja o que o apostolo Paulo nos diz: Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo.
Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.Efésios 6:11,12
Assim como existe uma hierarquia entre os anjos bons ( Efésios 1.21 ), assim também existe uma hierarquia entre os anjos maus. Efésios 6.12 faz referencia a essa hierarquia do mal. “Principados” são as ordens angelicais malignas superiores, enquanto que “potestades” são os governantes angelicais malignos subordinados. Os “dominadores deste mundo tenebroso” são os anjos a serviço do diabo. O “mundo tenebroso”, que também se lê em Efésios 5.8, é este mundo com o seu pecado, os seus pecadores e as esferas da existência onde o mal domina, enfim, o reino das trevas. As “forças espirituais do mal” são mais uma referencia aos anjos que estão a serviço do diabo, que é maligno. O lugar onde ficam “as regiões celestes” não é definido pela Bíblia. São reinos ocupados por seres malignos.






2ª Curiosidade
Um menino misterioso ajudou as equipes de resgate para chegar ao avião. Eles o chamam "o menino anjo". No meio da noite, em meio da forte chuva, os socorristas procuravam as vitimas do avião, e então apareceu um menino, e ele veio com uma luz e os guiou até onde estava o avião.
Foi possível encontrar o rapaz que ajudou no resgate dos feridos no acidente na colina El Gordo em Medelim. Ele por vários dias era conhecido como o "menino angel ' Ele se chama na verdade Johan Alexander Ramirez Castro e tem 15 anos. É estudante da instituição de ensino de La Paz e vive em um rancho simples com seu pai, um dos voluntários que foi ajudar as equipes de resgate na noite da
tragédia. Reproduzimos abaixo a crônica daqueles momentos em que Johan ajudou a salvar vidas:


Desconhecido  até hoje, Johan tem  15 anos, parece   muito mais jovem .  Mais esa noite ele  atuou de foram madura  e responsável.
Pai e filho ficaram  sabendo do acidente na TV, eles  inevitavelmente relacionaram  o que viram na TV com o forte impacto que tinham ouvido um pouco antes, no silêncio da noite. Eles estavam muito perto, a poucos minutos a pé de onde o avião caiu.
No meio da noite para encontrar a localização exata e os gritos das primeiras equipes de resgate que chegaram ao local ele disse :  "Havia alguns bombeiros e policiais quando chegamos  e eles gritavam buscando os feridos.  Eles começaram  retirando os feridos, e logo   abriram  uma  trilha   para o morro (arriba)  e por isso eu vi que  eles iriam levar um longo tempo, de modo que lhes disse que havia  uma maneira mais fácil e mais rápida ", eu mostrei a eles um caminho,  lembra Johan, que  esteve  por três horas ajudando no  resgate.

"Eles já estavam levando Alan (Rushell, o primeiro  dos resgatados com vida) e eu disse a um bombeiro,   que eu conhecia um  caminho, e eu os acompanhei em seguida,  eu fui   até os policiais,  para dizer que havia  dois feridos na estrada.  havia um  grande  número de ambulâncias que tinham vindo para o lugar "

Miguel Ramirez, seu pai, se lembra daquela noite fria,  seu filho sempre foi muito ativo e corria ajudando : "Ele foi com um facão para remover o cerco e ajudar a  passar  as equipes de resgate, ele chamou as ambulâncias   para recolher os feridos. O pai disse que  Johan, ajudou a resgatar o goleiro Jackson Follman. Ele disse que quando ele veio até a colina, Johan já estava  correndo para baixo com um grupo com a  aeromoça Ximena Suarez. Algumas equipes de resgate confirmaram a sua valiosa ajuda, mas ninguém sabia quem ele era, nem sabia o nome dele.

JOHAN ...Eu estava muito cansado, mas eu não conseguia dormir.  No entanto deu-me grande satisfação  ajudar a salvar vidas eu  nunca fui à procura de objetos materiais ".Johan   foi homenageado  em sua  escola de La Paz, no município de La Ceja.

 Nossa gratidão  à  família colombiana, a os pais de Johan de este jovem que se dedicou a guiar as equipes de resgate.  Um exemplo de vida, um jovem  do interior da Colômbia, com uma fé simples em Deus  e um jovem  que se esforça para estudar e trabalhar ajudando ao seu  pai .  Precisamos de  mais jovens como Johan  neste mundo. Eles são a verdadeira esperança de mudança em nossa sociedade. Parabéns Johan, parabéns aos pais de  Johan por  educar o seu filho com amor  e  integridade.  Parabéns aos  maestros. A atitude de generosidade e solidariedade do povo colombiano, foi reconhecida internacionalmente. 


3ª Curiosidade 

O sonho de um jogador. Ele viu a queda do avião. Parentes do atleta da Chapecoense, Hélio Hermito Zampier Neto, e sua esposa Simone, disseram que o jogador de futebol tinha sonhado na noite anterior que o avião ia cair.Literalmente, ela disse.... meu marido teve um sonho na noite anterior ao dia do voo da LAMIA, ele sonhou  que o avião caiu. Também Eu quero dizer com muita felicidade que meu marido está ficando melhor. Os doutores apenas fizeram uma cirurgia na perna dele e foi informado de que poderá andar e jogar novamente. Simone diz: Agradecemos as orações por ele.
Deus nos fala em sonhos muitas vezes. A Bíblia fala claramente sobre os sonhos.Se você tem um sonho perturbador. Busca a Deus e peça sua ajuda, clame por sabedoria.


4ª Curiosidade

A TATUAGEM DAS ESPOSAS DOS JOGADORES FALECIDOS
Uma incrível acidente e inexplicável para muitos. Poucos dias atrás, um grupo de mulheres (algumas esposas de jogadores falecidos da Chapecoense) Elas fizeram no ombro uma tatuagem de um avião com um coração, porque eles tinham se organizado para uma viagem para Punta Cana em 9 de Dezembro. Doze jogadores, com suas esposas, tinham planejado um viagem.

Lâmia é um nome que carrega maldição? Aeronave que transportava a "Chapecoense"

O que leva alguém a chamar sua empresa área com o nome de um demônio? Essa sem dúvida é uma boa pergunta que certamente vai ficar sem resposta, uma vez que, quem provavelmente escolheu o nome também teve seu destino selado no mesmo acidente que enlutou os brasileiros e milhares de pessoas mundo a fora.

Segundo a mitologia Lâmia se alimentava de homens, de sua semente.
A seguir veremos algumas informações sobre essa entidade.


Lâmia (em gregoΛάμια), na mitologia grega, era uma rainha da Líbia que se tornou um demônio devorador de criançada. Chamavam-se também de lâmias, alguns tipos de monstrosbruxas ou espíritos femininos, que atacavam jovens ou viajantes e lhes sugavam o sangue.
Diversas histórias são contadas a respeito de Lâmia. Sua aparência também varia de lenda para lenda. Na maior parte das versões, contudo, seu corpo, abaixo da cintura, tem a forma de uma cauda de serpente. Esta versão popularizou-se especialmente a partir do poema Lamia, publicado pelo inglês John Keats em 1819.[1][2] Diodoro Sículo, por sua vez, a descreve como uma mulher de rosto distorcido.

Mitologia greco-romana

De acordo com a versão mais corrente, Lâmia era uma belíssima rainha da Líbia, filha de Posídon e amante de Zeus, de quem concebeu muitos filhos, dentre os quais a ninfa LíbiaHera, mulher de Zeus, corroída pelos ciúmes, matava seus filhos ao nascer e, ao final, a transformou em um monstro (em outras versões Lâmia foi esconder-se em uma caverna isolada e o que a transformou em um monstro foi seu próprio desespero). Por fim, para torturá-la ainda mais, Lâmia foi condenada por Hera a não poder cerrar os olhos, para que ficasse para sempre obcecada com a imagem dos filhos mortos. Zeus, apiedado, deu-lhe o dom de poder extrair os olhos de vez em quando para descansar.

Outras mitologias


Segundo opinião bastante difundida, a Lâmia mitológica serviu de modelo para as lâmias (Lâmiae em latim), ora descritas como bruxas, ora como espíritos e ora monstros, humanos da cintura para cima, mas com caudas de serpente. As lâmias atraíam os viajantes expondo os belos seios e emitindo um agradável cicio, para depois matá-los, sugar seu sangue e devorar seus corpos. Neste aspecto, as lâmias constituem um antecedente dos súcubos da Idade Média e das modernas vampiresas.

Com frequência a Lâmia é descrita nos bestiários de outras culturas como criaturas de natureza selvagem e maligna, com garras nas patas dianteiras, cascos nas patas traseiras, rosto e busto femininos e o corpo coberto de escamas. Também é associada à Lilith da mitologia hebraica. Nos folclores neo-helênicobasco e búlgaro podem ser encontradas lendas sobre Lâmias, herdeiras da tradição clássica.

Na mitologia basca, as lâmias são gênios com pés e garras de ave e cauda de peixe. Quase sempre femininos e de admirável beleza, moravam nos rios e fontes, onde costumavam pentear suas longas cabeleiras. São em geral amáveis, mas ficam enfurecidas se alguém rouba seus peixes. Às vezes se apaixonam por mortais e até têm filhos com eles, mas não podem se casar.

No folclore búlgaro, as lâmias são criaturas misteriosas, geralmente femininas, com muitas cabeças, que, se cortadas podem se regenerar (como a Hidra de Lerna). Vivem em cavernas ou no subsolo e atormentam os povoados, alimentando-se de sangue humano ou devorando mulheres jovens. Em algumas versões têm asas, em outras sua respiração é de fogo.

Na Bíblia


No livro de Isaías, na Vulgata latina se refere a lâmia uma única vez: et occurrent dæmonia onocentauris et pilosus clamabit alter ad alterum ibi cubavit lamia et invenit sibi requiem.



Fonte:Wikipédia




À hora é de chorar com os que choram

Alegrai-vos com os que se alegram; e chorai com os que choram; Rom. 12:15

Eu simplesmente não me recordo de no Brasil já ter visto um momento de comoção tão grande. A forma inesperada e absurda com que foram vitimados os atletas e parte da delegação do Chapecoense, os profissionais de imprensa e parte dos tripulantes da aeronave, realmente foi algo que comoveu milhões de pessoas no Brasil e mundo a fora.
Eu perdi a conta de quantas vezes chorei em todas as vezes que a tragédia foi noticiada. É simplesmente impossível permanecer inerte em meio a tanta dor.
Sonhos interrompidos, famílias destruídas, crianças que não vão conhecer seus pais. Frustração e horror tomaram conta de nossos corações.
O fato é que a morte, a separação, as perguntas sem respostas, tudo expõe a nossa fragilidade na hora de encarar algo que no fundo todos esperam que um dia aconteça, afinal, a única certeza que temos na vida e de que um dia a morte virá.
Todos os dias milhares de vidas são abruptamente ceifadas. Acidentes, crimes, fatalidades, guerras, etc... E a dura verdade é que perdemos a sensibilidade, perdemos a capacidade de nos condoermos com a dor do nosso próximo, não choramos mais com os que choram. A vida e a morte foram aos poucos sendo banalizadas e assistimos aos noticiários e percebemos que tudo se tornou apenas estatística.
O homem se tornou egoísta, narcisista, egocêntrico.
O apostolo Paulo escrevendo a Timóteo sentenciou: Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos.
Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos,
Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons,
Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus,
2 Timóteo 3:1-4

A recente tragédia pode nos ensinar algumas grandes lições. Porém a maior de todas é de que a nossa vida é como um sopro: O homem é semelhante à vaidade; os seus dias são como a sombra que passa. Salmos 144:4
Digo-vos que não sabeis o que acontecerá amanhã. Porque, que é a vossa vida? É um vapor que aparece por um pouco, e depois se desvanece. Tiago 4:14
Que possamos nos recordar disso todos os dias!

Minha oração é para que Deus conforte o coração dos que ficaram, os ajude em todas as suas necessidades, mas que principalmente conceda a todos a oportunidade, de em vida, terem um encontro pessoal com Cristo. Crendo na sua afirmação: Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá; João 11:25

Pr Anselmo Melo


Quando a igreja se torna uma amante

Tornou-se modinha menosprezar a igreja. As pessoas gostam de colocar a culpa de seus problemas na “igreja”.


Você pode ouvir essas críticas na cultura popular. Peguemos, por exemplo, a música “Intervention” da banda Arcade Fire:
"Trabalhando para a Igreja enquanto sua família morre
Você pega o que te dão e guarda no interior
Cada faísca de amizade e amor morrerão sem um lar
Ouça o gemido do soldado", “Nós vamos chorar sozinhos"
A música pinta a igreja como uma instituição militante, motivada por disciplina e um insuportável trabalho ético. O personagem principal sacrifica sua família no altar da “igreja” ou ministério. Isto acontece frequentemente. Muitas vezes, as igrejas têm mais em comum com Wall Street do que com as Escrituras. Eles aplicam um trabalho ético piedoso em nome da “misericórdia ou “ministério evangélico”. Muito trabalho sem diversão.

Há uma Amante na casa

No meu primeiro ano de implantação de igreja, comecei um novo trabalho em tempo integral, em uma nova cidade, com uma nova filha e em uma nova igreja. Adivinhem quem ficou com menos atenção? Família. Como todas as coisas novas que preenchem nossas vidas, elas começaram a ocupar os diálogos com minha esposa. O que antes era natural – conversar sobre medos, alegrias e esperanças de minha esposa – tornou-se artificial, cada vez mais distante de nossas conversas. Ela pacientemente continuava a perguntar como eu andava, mas eu estava “trabalhando para a igreja enquanto minha família morria”.

Sodoma vive em nossas almas?

Se tivéssemos apenas a história da vida de Ló conforme relatada no livro de Gênesis, nunca teríamos imaginado que Ló era um verdadeiro crente. Mas, 2 Pedro 2 nos conta três vezes que esse homem conflituoso e indulgente era “justo” – e mais: que ele estava “enfadado” e atormentado com a vida em Sodoma. A descrição cuidadosamente trabalhada de Ló que Pedro oferece é esta: “…o justo Ló, enfadado da vida dissoluta dos homens abomináveis (Porque este justo, habitando entre eles, afligia todos os dias a sua alma justa, por isso via e ouvia sobre as suas obras injustas)” (v. 7-8). Ironicamente, embora Ló ficasse revoltado com Sodoma, Sodoma estava em sua alma. É possível, então, que um crente seja atormentado pelo mundo enquanto voluntariamente prende-se ao mundo.
Não há qualquer evidência de que o justo Ló tenha sido alguma influência benéfica para os habitantes de Sodoma. Embora tivesse vivido em Sodoma por anos e fosse proeminente lá e, portanto, tivesse muitas oportunidades de influenciar seus amigos, Ló foi uma decepção completa. Quando o juízo sobreveio a Sodoma, nenhum justo foi achado fora de sua família. Nenhum conhecido, nenhum vizinho, nenhum dos seus servos chegou a conhecer o Senhor. Seu apelo junto aos sodomitas em frente à sua porta foi desprezado por eles. Ló carecia de seriedade; suas palavras não tinham peso.

Stranger Things e o ministério de jovens

Usei meu último dia de folga para assistir com minha esposa a série mais comentada nesses últimos dias, Stranger Things. Gostamos muito de séries e do Netflix. Foram 8 episódios muito interessantes que prederam nossa atenção e imaginação. Como a expectativa criada em torno da produção foi grande, ela não foi superada, mas é uma excelente série. Como é de se esperar (pelo nome) coisas estranhas acontecem nessa ficção científica. Na verdade, coisas bem estranhas e inesperadas por todos. A história [LEVE SPOILER] gira em torno da possibilidade da existência e de interação com um mundo ou dimensão paralela. Assistam!
Real Time Web Analytics
Template personalizado por Elaine Gaspareto

TOPO ▲